Saúde integral da crinça e


Sistema de Informação Hospitalar (SIH)



Baixar 455,91 Kb.
Página38/38
Encontro02.12.2019
Tamanho455,91 Kb.
1   ...   30   31   32   33   34   35   36   37   38
Sistema de Informação Hospitalar (SIH)

Este sistema permite acompanhar a trajetória da gestante na rede de assistência com a identificação do local do parto, além de informações importantes sobre problemas/patologias durante a sua internação e a do RN. Permite identificar de internação da população da área de abrangência da unidade para parto e aborto e planejamento das ações após alta hospitalar e continuidade da assistência para a mulher e a criança;

Permite ainda identificar as crianças internadas por patologias de importância, de modo que a unidade de saúde possa manter a continuidade da assistência após a alta hospitalar e se organizar para a vigilância à saúde da criança, já que estas devem ser consideradas crianças de maior risco para morbi- mortalidade.


  1. Sistema de Informações de Agravos de Notificação (SINAN)

Neste sistema, são armazenadas as notificações e investigações de casos de doenças e agravos que constam da lista nacional de doenças de notificação compulsória (Portaria 1943, de 18 de outubro de 2001), bem como problemas de saúde de interesse dos estados e municípios. A partir do banco de dados do SINAN, é possível conhecer a magnitude dos agravos sob vigilância, como incidência, prevalência, letalidade e mortalidade, e assim como analisar variações geográficas e temporais na distribuição dos casos de determinado agravo, como parte do conjunto de ações de vigilância epidemiológica para prevenção, controle ou eliminação das doenças. Além disso, o SINAN permite subsidiar processos de planejamento, gestão e avaliação de políticas e ações de saúde direcionadas para o controle das doenças evitáveis por imunização, bem como avaliar a qualidade da atenção pré-natal, ao parto e ao recém-nascido, como por exemplo, em relação ao tétano neonatal.









Compartilhe com seus amigos:
1   ...   30   31   32   33   34   35   36   37   38


©psicod.org 2019
enviar mensagem

    Página principal