Resgatando o ludico para construçÃo do desenvolvimento infantil: oficina aprender brincando



Baixar 38,11 Kb.
Página1/6
Encontro11.06.2018
Tamanho38,11 Kb.
  1   2   3   4   5   6

RESGATANDO O LUDICO PARA CONSTRUÇÃO DO DESENVOLVIMENTO INFANTIL: OFICINA APRENDER BRINCANDO

Everton Luis BECKER¹

Daniela Pereira GONZALEZ²

RESUMO

A oficina “aprender brincando” é uma parceria entre o Curso de Psicologia da Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões – campus Santo Ângelo e o Serviço de Psicologia e Psicopedagogia da 14ª Coordenadoria Regional da Educação. O objetivo da oficina foi criar um espaço para a criança descobrir que a brincadeira e a socialização fazem parte de seu cotidiano e que um interfere, influencia e se complementa no outro, sendo o brincar o mais completo dos processos educativos, pois influencia o intelecto, a parte emocional e o corpo da criança. Foram convidados a participar da oficina crianças que os professores indicaram


como tendo algum tipo de dificuldades, seja por problemas afetivos, de socialização e ou de aprendizagem. Para operacionalizar a oficina foram realizados os seguintes procedimentos: reunião com a coordenadora pedagógica e professoras para verificar as dificuldades e os problemas de
cada criança, entrevistas com os pais/ responsáveis das crianças para obter informações a respeito do desenvolvimento infantil das mesmas, observações dentro da sala de aula e no pátio, no horário do intervalo, de cada criança. Após este levantamento de dados deu-se inicio a oficina propriamente dita, sendo realizado semanalmente no turno inverso da aula das crianças, perfazendo um total de oito encontros. Participaram da oficina seis crianças com idade entre 6 a 9 anos, que cursavam a primeira e segunda série de ambos os sexos. No decorrer dos encontros da oficina conseguimos verificar como foi importante para as crianças este processo de interação, pois uma serviu de estimulo para a outra criança, onde através da socialização do grupo constatamos maior criatividade e produtividade para realizar as atividades.



Compartilhe com seus amigos:
  1   2   3   4   5   6


©psicod.org 2017
enviar mensagem

    Página principal