Requisitos Importantes


Específicos – revelam determinados traços e aspectos da personalidade (interesses, equilíbrio emocional, ansiedade, agressividade, etc.) os quais afetando a vida do indivíduo, podem refletir-se em sua



Baixar 153,83 Kb.
Página10/26
Encontro02.12.2019
Tamanho153,83 Kb.
1   ...   6   7   8   9   10   11   12   13   ...   26

Específicos – revelam determinados traços e aspectos da personalidade (interesses, equilíbrio emocional, ansiedade, agressividade, etc.) os quais afetando a vida do indivíduo, podem refletir-se em sua vida profissional.

A avaliação parte da percepção e interpretação do material do teste que vai refletir aspectos fundamentais do perfil psicológico.




Métodos Projetivos:



Da árvore: - K.Koch – Consiste no desenho de uma árvore para avaliação de alguns traços temperamentais e estruturais da personalidade.
Rorschach: - H. Rorschach – Define características como comportamento, qualidade de raciocínio, nível intelectual, produtividade e capacidade de planejamento.

Dez pranchas para avaliação da estrutura e da dinâmica da personalidade. O candidato deve dizer que figuras enxerga em borrões de tinta das dez pranchas.

Exige 10 horas só para avaliação. É utilizado na seleção de executivos de alto escalão.

O psicólogo não avalia diretamente a resposta, mas o motivo dela. Pesa também a seqüência das respostas.


T.A.T. – Thematic Apperception Test: H. Murray – 20 pranchas, tipo projetivo., para avaliar estados emocionais, conflitos e dinâmica da personalidade. (Teste de Apercepção Temática).
Szondi: - L. Szondi – 48 cartões com retratos de indivíduos, representando 8 diagnoses psiquiátricas, para avaliar direções básicas da personalidade.
Wartegg: É um teste gráfico. Define características como impulsividade e agressividade.

O candidato faz desenhos, com lápis, numa folha de papel que contém oito quadrados, cada um deles com dois riscos, chamados de sinal de estímulo.

Avalia-se conteúdo, forma e até a pressão do lápis. É feita uma comparação estatística (desenhos mais comuns e significativos). A qualidade artística é irrelevante.

A seqüência dos desenhos vai mostrar como o indivíduo percebe o mundo, de acordo com sua vivência. Projeta ainda a postura no relacionamento com as pessoas, recursos intelectuais e a forma como estabelece metas e direciona energia para alcançá-las.

Fornece informações sobre aspectos emocionais e a maneira como a pessoa lida com seus valores. Por esta razão, os estímulos do teste são geralmente, vagos e ambíguos.
D- 20: Define grau de inteligência e raciocínio. ( candidatos com, no mínimo. ensino médio).

O candidato deve identificar quais números estão faltando numa seqüência de dominós.

O resultado é comparado com tabela predeterminada.
IMV: Define grau de inteligência e raciocínio. (candidatos com ensino fundamental).

O candidato deve identificar o que está faltando em algumas figuras. Por ex: boneca sem braço.


Mapeamento Cerebral: Definido pela consultoria Brain Technologies.

Parte do princípio de que o cérebro pode ser dividido em quatro partes e que cada pessoa utiliza com mais freqüência uma delas. A partir daí, 11 perfis de profissionais são identificados.

Está ligado ao diagnóstico vocacional da pessoa e à maneira como ela pensa.

Define quais hemisférios do cérebro são mais utilizados, e traça o perfil.

Uma pessoa que utiliza mais a parte posterior esquerda do cérebro, tem alto grau de competitividade. É o perfil ideal para a área de vendas.

O candidato responde 63 perguntas sobre seu comportamento. É desenhado o mapa de utilização do cérebro e definido onde está o ponto de equilíbrio.

O resultado é comparado com 11 perfis predeterminados.




Compartilhe com seus amigos:
1   ...   6   7   8   9   10   11   12   13   ...   26


©psicod.org 2019
enviar mensagem

    Página principal