Releases sobre saúde nas assessorias de imprensa das administrações



Baixar 166,61 Kb.
Página6/9
Encontro17.03.2020
Tamanho166,61 Kb.
1   2   3   4   5   6   7   8   9
Análise dos resultados obtidos

De acordo com os dados levantados nos releases das assessorias de imprensa estudadas, pudemos verificar que a presença da temática saúde foi intensa no período estudado. Ao todo, em 12 meses levantados, identificamos 252 releases publicados pelas Assessorias de Imprensa dos três municípios. Normalmente a produção dos textos é realizada por jornalistas sediados nas Secretarias de Saúde.

Segundo os jornalistas entrevistados, 98% dos releases enviados tornaram-se pautas de jornais e meios de comunicação das cidades. Foi possível observar que no primeiro semestre de 2013 foram produzidos muito mais releases do que o último semestre de 2012. Isso posto que o segundo semestre de 2012 tratou-se de um ano eleitoral e algumas informações realizadas pelo prefeito não podiam ser divulgadas, conforme exigência da lei.

Os releases tinham frequência diária e as informações mais importantes publicadas tratavam se de campanhas de prevenção a doenças e instalação de equipamentos nas UPAS (Unidades de Pronto-Atendimento) e hospitais das cidades. A análise de conteúdo parcial apontou que dentre os três municípios do ABC, 46 releases tiveram o perfil educativo e 206 com perfil informativo.

Compreende-se como press-releases informativos aqueles que contêm informações e números sobre a área e as transmite ao receptor da mensagem sem quaisquer informação aprofundada sobre a mesma, apenas informa, de maneira que os dados fornecidos possam ser consultados. Por exemplo: press-releases que abordam índices econômicos de saúde, divulgação de campanhas ou apresentação de Unidades de Atendimento a serem inauguradas ou a disponibilização de verba para a compra de equipamentos da mesma.

Por press-releases educativos, consideramos os que contêm informações e explicações aprofundadas sobre as doenças, como causas, forma de evitar as mesmas. São considerados releases educativos, aqueles que trazem informações a mais para a o cidadão. Algo que os faça entender não só o que está sendo realizado pela área da saúde em sua cidade, mas também a importância da atenção especial com a saúde e formas de evitar determinadas doenças.

Mesmo tratando-se de três municípios distintos, obtivemos nessa pesquisa opinião semelhante à avaliação dos jornalistas representando as assessorias de imprensa das três cidades. Os entrevistados informam que as principais pautas do município são: campanhas de prevenção a doenças e construção de estruturas e instalações de novos equipamentos e tecnologias nas cidades. Segundos os assessores de imprensa, os releases tem a importância de informar os munícipes de suas respectivas cidades, para que esses possam exercer seu papel de cidadão.

Com relação ao questionamento sobre o envolvimento político no teor dos releases, os jornalistas de São Caetano do Sul e Santo André informam que não há interferência política nos mesmos. Já a assessora de imprensa e jornalista da cidade de São Bernardo do Campo informa que há uma pequena participação política nos releases no sentido de informar melhor os cidadãos.

Quanto aos entrevistados, dois deles são homens e uma mulher. Todos eles formados em Comunicação e com habilitação em Jornalismo. Dentro da faixa etária de 30 a 45 anos. Em relação à experiência na área, um tem pouco menos que cinco anos e os outros dois tem mais de dez anos na função, dentro de sua respectiva prefeitura.

E ao perguntar aos jornalistas sobre qual a maior preocupação dos mesmos quanto às informações que serão divulgadas, os responsáveis pelos releases da saúde das três cidades disseram de forma unanime que o mais importante é transpor a informação de forma rápida, clara e com ética, informando ao cidadão das atividades, campanhas, mutirões e eventos. O objetivo dos textos são sempre facilitar a vida dos munícipes e fazer com que eles estejam cada vez mais informados.

Os mesmos foram questionados quanto à realização de clipping e armazenamento das informações para uma consulta posterior. Todos concordaram quanto à importância desse acompanhamento e disseram que é feito sim. Para todos os casos, diariamente e que o setor de clipping monitora tudo o que foi publicado na imprensa e separa por editoriais em relatórios enviados aos prefeitos e secretários municipais.

Existem dois tipos de clippings, um deles é digital, enviando o press release para seus destinatários, cada um é um e-mail diferente, possibilitando assim o arquivo digital. Esses normalmente encontram-se disponíveis também nos sites das prefeituras, na área da secretaria da saúde. E o outro é o manual, que nada mais é do que os recortes de jornais diários, semanais, quinzenais ou mensais, todos organizados por data e guardados em pastas de arquivo com os press-releases que viraram matérias publicadas.






Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4   5   6   7   8   9


©psicod.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
santa catarina
Prefeitura municipal
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
Processo seletivo
ensino fundamental
Conselho nacional
terapia intensiva
ensino médio
oficial prefeitura
Curriculum vitae
minas gerais
Boletim oficial
educaçÃo infantil
Concurso público
seletivo simplificado
saúde mental
Universidade estadual
direitos humanos
Centro universitário
Poder judiciário
saúde conselho
educaçÃo física
santa maria
Excelentíssimo senhor
assistência social
Conselho regional
Atividade estruturada
ciências humanas
políticas públicas
catarina prefeitura
ensino aprendizagem
outras providências
recursos humanos
Dispõe sobre
secretaria municipal
psicologia programa
Conselho municipal
Colégio estadual
consentimento livre
Corte interamericana
Relatório técnico
público federal
Serviço público
língua portuguesa