Referências Bibliográficas



Baixar 23.11 Kb.
Encontro17.03.2018
Tamanho23.11 Kb.

Referências Bibliográficas



Baslet, G. (2011). Psychogenic non-epileptic seizures: A model of their pathogenic mechanism. Seizure, 20, 1–13.

Bear, M. F., Connors, B. W., & Paradisio, M. A. (2007). Neurociências – Desvendando o Sistema Nervoso. (3ª ed.). São Paulo: Artmed.

Bickle, J. (2009). The Oxford Handbook of Philosophy and Neuroscience. New York: Oxford University Press.

Boone, D. R., & Plante, E. (1994). Comunicação humana e seus distúrbios. (2ª ed.) Porto Alegre: Artes Médicas.

Bosa, C. A. (2001). As relações entre autismo, comportamento social e função executiva. Psicologia: Reflexão e Crítica, 14(2), 281-287.

Brandt, T. (1990). Vertigo: Its Multisensory Syndromes. Londres: SpringerVerlag.

Brodley, B. (1998). O conceito de tendência actualizante. A Pessoa como centro - Revista de Estudos Rogerianos, 2, 37-49.

Caldas, A. (2000). A Herança de Franz Joseph Gall: O cérebro ao serviço do comportamento humano. (3ª ed.) Lisboa: McGraw-Hill.

Carvalho, A. S. (1949). Crónica do hospital de todos-os-santos. Lisboa: Câmara Municipal de Lisboa V Centenário da Fundação do Hospital Real de todos-os-santos 1942-1992.

Cattel, R., Cattel, A., & Cattel, H. (1994). 16 PF 5. Lisboa: TEA.

Changeux, J. P. (1995). O Homem Neuronal. Artur Jorge Pires Monteito (trad.). Lisboa: Publicações Dom Quixote.

Chaves, M. L. F., Finkelsztejn, A., & Stefani, M. A. (2008). Rotinas em Neurologia e Neurocirurgia. Porto Alegre: Artmed.

Costa, M. F. (2005). Dicionário de termos médicos. Porto: Porto Editora.

Cunha, J. A., & Colaboradores. (2000). Psicodiagnóstico V. (5ª ed.). Porto Alegre: Artmed.

Damásio, A. R. (1995). O erro de Descartes: Emoção, razão e o cérebro humano. Lisboa: Publicações Europa-América

Damásio, A. R. (2001). O Sentimento de Si – o Corpo, a Emoção e a Neurobiologia da Consciência. Lisboa: Europa-América.

Damásio, A. R. (2003). Ao Encontro de Espinosa – As emoções Sociais e a Neurologia do sentir. Lisboa: Publicações Europa-América.

Delgarrondo, P. (2000). Psicopatologia e semiologia dos transtornos. São Paulo: Artmed Editora S. A.

Departamento de Estatística do Centro Hospitalar de Lisboa Centro. (2010). Estatísticas de 2010. Hospital Santo António dos Capuchos. (Manuscrito não públicado).

Engel, J., Williamson, P. D., & Wieser H. G. (1997). Mesial temporal lobe epilepsy. In Engel J Jr, Pedley TA (Eds). Epilepsy: a comprehensive textbook. Philadelphia: Lippincott-Raven. 2417-2426.

Eslinger, P. & Damásio, A. R. (1985). Severe disturbance of higher cognition after bilateral frontal lobe ablation: Patient EVR. Neurology, 35, 1731- 1741.

Farah, M.J., Stowe, R.M. & Levinson, K.L. (1996). Phonological dyslexia: Loss of a reading-specific component of the cognitive architecture? Cognitive Neuropsychology, 13, 849-868.

Fletcher, P. C., & Henson, R. N. A. (2001). Frontal lobes and human memory: Insights from functional neuroimaging. Brain Journal 124, 849 – 881.

Fonseca, A. M. (2005). Desenvolvimento humano e envelhecimento. A psicologia desenvolvimental do ciclo da vida. (pp. 77 – 113). Lisboa: Climepsi Editores.

Gabarra, J. (2009). O Rosto e a Personalidade – Morfopsicologia. Lisboa: A Esfera dos Livros.

Gazzaniga, M. S., Ivry, R. B., & Mangun, G. R. (2002). Cognitive Neuroscience – The Biology of the Mind. (2ª ed.). New York: Norton & Company.

Gil, R. (2004). Manual de Neuropsicologia. Barcelona: Masson.

Goldberg, E. (2001). The Executive Brain – Frontal Lobes and civilized Mind. New York: Oxford University Press.

Goldfeld, M. (2003). Fundamentos em Fonoaudiologia: Linguagem. São Paulo: Editora Guanabara Koogan.

Goleman, D. P. (1995). Emotional Intelligence: Why It Can Matter More Than IQ for Character, Health and Lifelong Achievement. New York: Bantam Books.

Habib, M. (2002). Bases Neurológicas do Comportamento. (1ª ed.) Lisboa: Climpsi Editores.

Holanda, L. et al. (1995). Hemorragia meningea. In: Manual de neurocirurgia (2ª ed.) São Paulo: Fundo BYK.

Kandel, E. R., Schwartz, J. H., & Jessell, T. M. (2003). Princípios da Neurociência. (4ª ed.). Barueri: Manole.

Kingsley, R. E. (2001). Manual de Neurociência. (2ª ed.). Rio de Janeiro: Guanabara Koogang.

Leone, J. T. F. (1980). Hospitais Civis de Lisboa: Hospital Real de Todos-os-Santos (1492 – 1980). Escrito que faz parte do Espólio da Biblioteca do Hospital de São José de Lisboa. (Manuscrito não publicado).

Leone, J. T. F. (1993). Subsídios para a História dos Hospitais Civis de Lisboa e da Medicina Portuguesa (1948 – 1990). Lisboa: Comissão Organizadora do V centenário da Fundação do Hospital Real de Todos-os-Santos.

McCarthy R. A., & Warrington, E. (1990). Cognitive neuropsychology. San Diego: Academy Press.

MacKay, W. A. (1999). Neurofisiologia sem lágrimas. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian.

Manning, M. (2005). A Neuropsicologia Clínica: Uma abordagem cognitiva. Lisboa: Instituto Piaget.

Marks, D. F., Murray, M., Evans, B., & Willig, C. (2000). Health psychology. Theory, research and practice. London: Sage Publications.

Marsden, C. D. (2007). The Apraxias are Higher-Order Defects of Sensorimotor Integration. Chichester (UK): John Wiley & Sons.

Melo-Souza, S. E. (2000). Tratamento das Doenças Neurológicas. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan.

Nunes, B. (2008). Memória – Funcionamento, Perturbações e Treino. Lisboa: Lidel.

Nunes, O., Brites, R. & Pires, M. (2010). Estudos de Validação sobre a Escala Portuguesa de Empowerment - E.P.E. Actas do VII Simpósio Nacional de Investigação em Psicologia Universidade do Minho, Portugal.

Ogden, J. (2000). Psicologia da Saúde. Lisboa: Clime- psi Editores, Manuais Universitários

Ortiz, K. Z. (2005). Distúrbios neurológicos adquiridos: linguagem e cognição. Barueri: Manole.

Portal da Saúde. (2011). Hospital Santo António dos Capuchos (Centro Hospitalar Lisboa Central). Acedido em 30 de Janeiro.

Relatório de Contas. (2009). Relatório e Contas: Recursos Humanos do Centro Hospitalar 2008. Acedido em intranet do Serviço 12 de Neurocirurgia. (Manuscrito não publicado).

Rey, A. (2002). Teste de Cópias de Figuras Complexas. Lisboa: Cegoc.

Richard, M. (2001). As correntes da psicologia. Lisboa: Instituto Piaget. (obra original publicada em 1998).

Rogers, C. (2004). Terapia Centrada no Cliente. Lisboa: Editora Ediual.

Rogers, C. (1986). A client-centered/person centered approach to therapy in I.L. Kutosh & Wolf (eds). Psychoterapist`s casebook. San Francisco: Jossey-Bass.

Sacks, O. (1985). O Homem que confundiu a mulher com um chapéu. Maria de Vasconcelos Moreira (trad.). Lisboa: Relógio d’Água.

Sacks, O. (1996). Um Antropólogo em Marte. Lisboa: Relógio d’Água.

Sacks, O. (1996) Premier Regard. Paris: Éditions du Seuil.

Serra, A. S. V., & Abreu, J. L. P. C. (1973). Aferição dos Quadros Clínicos Depressivos. Coimbra Medicina. (1). 3-XX, pp. 623-644.

Simon, M. A. (1993). Psicología de la salud. Apli- caciones clínicas y estrategias de intervención. Madrid: Pirámide.

Simonneaux, V., & Ribelayga, C. (2003). Generetaion of the Melatonin Endocrine Message in Mammals: A Review of the Complex Regulation Pineal Transmitters. Pharmacological Reviews, (55), 325-395.

Springer, S. P., & Deutsch, G. (1989). Left Brain, Right Brain. (3ª ed.). New York: W. H. Freeman and Company.

Stemmer, B., & Whitaker, H. A. (2008). Handbook of the neuroscience of language. San Diego: Elsevier.

Sternberg, R. J. (2008). Psicologia Cognitiva. Trad. Roberto Cataldo Costa. (4ª ed.). Porto Alegre: Artmed Editora S. A.

Pinho, S. M. R. (1998). Fundamentos em fonoaudiologia: Tratando dos distúrbios da voz. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan.

Punset, E. (2006). A Alma está no Cérebro – Uma radiografia da máquina de pensar. Lisboa: Edições Dom Quixote.

Punset, E. (2010). Por qué somos como somos. Madrid: Punto de Lectura.

Wechsler, D. (2004). Escala de Inteligência de Wechsler para adultos – III. Lisboa: Cegoc.

Vallone, D., Picetti, R., & Borrelli, E. (2000). Neurosciense. Behav. 24, 125.



Vaz, R. (1996). Traumatismos Craneo-encefálicos. Porto: Litomédia.

Zeltzer, P. M.  (2004). Brain tumors: leaving the Garden of Eden : a survival guide to diagnosis, learning the basics, getting organized and finding your medical team. California: Shilysca Press.

Baixar 23.11 Kb.

Compartilhe com seus amigos:




©psicod.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
ensino fundamental
ensino médio
Processo seletivo
Conselho nacional
terapia intensiva
oficial prefeitura
minas gerais
Curriculum vitae
Boletim oficial
seletivo simplificado
Concurso público
Universidade estadual
educaçÃo infantil
saúde mental
direitos humanos
Centro universitário
educaçÃo física
Poder judiciário
saúde conselho
santa maria
assistência social
Excelentíssimo senhor
Atividade estruturada
Conselho regional
ensino aprendizagem
ciências humanas
outras providências
secretaria municipal
ResoluçÃo consepe
políticas públicas
Dispõe sobre
catarina prefeitura
recursos humanos
Conselho municipal
Colégio estadual
conselho estadual
ministério público
consentimento livre
psicologia programa
público federal
Serviço público