Redação 2a fase



Baixar 27,91 Kb.
Encontro05.03.2019
Tamanho27,91 Kb.


Curso e Colégio Anchieta

Aulas Específicas – 2ª fase UFPR 2017/2018

Compreensão e Produção de Textos



Proposta 23 – 23/11/2017






Drauzio_Varella_com_a_médica_Adriana_Lippi_Waissman._Leia_a_seguir_trechos_dessa_entrevista:_Drauzio'>(UFPR) O problema da gravidez na adolescência foi tema de uma entrevista realizada por Drauzio Varella com a médica Adriana Lippi Waissman. Leia a seguir trechos dessa entrevista:
Drauzio – Você concorda com a visão de que está havendo uma epidemia de gravidez na adolescência?

Adriana – Sim, concordo. Sabemos que no Brasil o número de partos em adolescentes abaixo dos 20 anos gira em torno de 700.000 por ano, o que representa uma parcela significativa da população nessa faixa de idade.

Drauzio – Algumas meninas engravidam na idade em que as outras ainda brincam com bonecas. Qual é o impacto psicológico causado por essa gravidez precoce?

Adriana – No início é um choque, porque a adolescente está vivendo uma fase de transição em busca da própria identidade. Perguntas elementares como “Quem sou?”, “O que estou fazendo aqui?”, “Qual vai ser meu papel neste mundo?” ainda estão sem respostas e ela se depara tendo de enfrentar uma gravidez que atropela seu desenvolvimento e a obriga também a buscar sua identidade como mãe. Isso, em grande parte dos casos, provoca maior dependência da família e interrompe o processo de separação com os pais e destes com a adolescente. Não sabendo exatamente quem é, se adolescente ou mãe, adota uma postura infantilizada que atrapalha seu caminho para a profissionalização.

DrauzioNo passado, o menino que engravidava a namorada tinha de casar com ela, porque era ameaçado de morte se não o fizesse. Hoje, esse tipo de cobrança parece ter-se esgarçado no tecido social. Como reagem os garotos que engravidam essas adolescentes?

Adriana – Essa responsabilidade de casamento deixou de existir na grande maioria dos casos, mesmo porque a sociedade assumiu uma postura mais liberal em relação ao fato. No entanto, o que percebemos é que os meninos muitas vezes gostam da gravidez de suas companheiras, porque isso representa uma maneira de firmar a própria masculinidade. Eles também estão atravessando uma fase de transição, de busca da identidade e, de uma forma ou outra, a gravidez da companheira é prova de que são realmente homens.

(Adaptado de . Acesso em 29 abr. 2013.)


Sintetize as opiniões da médica em um texto em discurso indireto. Seu texto deve ter de 7 a 9 linhas.
RASCUNHO


  1. _________________________________________________________________________________________'>_________________________________________________________________________________________

  2. _________________________________________________________________________________________

  3. _________________________________________________________________________________________

  4. _________________________________________________________________________________________

  5. _________________________________________________________________________________________

  6. _________________________________________________________________________________________

  7. _________________________________________________________________________________________

  8. _________________________________________________________________________________________

  9. _________________________________________________________________________________________



VERSÃO DEFINITIVA


  1. _________________________________________________________________________________________

  2. _________________________________________________________________________________________

  3. _________________________________________________________________________________________

  4. _________________________________________________________________________________________

  5. _________________________________________________________________________________________

  6. _________________________________________________________________________________________

  7. _________________________________________________________________________________________

  8. _________________________________________________________________________________________

  9. _________________________________________________________________________________________



Compartilhe com seus amigos:


©psicod.org 2019
enviar mensagem

    Página principal