Questões sobre psicologia do desenvolvimento


Período da Primeira infância (bebê)



Baixar 386,75 Kb.
Página19/55
Encontro04.03.2018
Tamanho386,75 Kb.
1   ...   15   16   17   18   19   20   21   22   ...   55
5.3 Período da Primeira infância (bebê)
Começa com a queda do coto umbilical (mais ou menos no 8º dia) e termina quando a criança aprende a falar e a andar e pode nutrir-se independentemente do organismo materno/ desmame (aproximadamente com 1 ano).

Infância deriva-se da palavra latina que significa “sem linguagem”. A aquisição da linguagem é, portanto, a passagem do infans, aquele que não fala, para sujeito falante.




Capacidades sensoriais

Antigamente, os pais freqüentemente ouviam dizer que seu filho era essencialmente cego ao nascer, não tinha paladar, olfato e não sentia dor. Os bebês podem até ser fisicamente fracos e indefesos ao nascerem, mas entram no mundo com todos os sistemas sensoriais funcionando e bem preparados para aprenderem sobre seu novo ambiente.

O método básico para o estudo do sensório e capacidades cognitivas do bebê é a introdução de alguma mudança no ambiente do bebê (um ou dois estímulos ao mesmo tempo) e a observação de seus efeitos sobre suas respostas. E outro método usado depende dos processos de habituação e desabituação.
5.3.1 Audição
Os recém-nascidos assustam-se com um ruído alto. Eles voltam suas cabeças na direção de um som. Aos 6 meses, os bebês mostram um aumento acentuado em sua responsividade aos sons acompanhados por aspectos visuais interessantes. Podem distinguir sons da voz humana de outras espécies de sons. Podem distinguir várias características críticas da fala humana, como por exemplo, diferenciar os sons de “p” e “b”, o que parece que os bebês nascem com mecanismos de percepção já adequados às propriedades da fala humana, que os ajudarão em seu domínio da linguagem (Eimas, 1975).
5.3.2 Visão
Os bebês são muito míopes de modo que vêem melhor a curtas distâncias. As capacidades visuais dos bebês melhoram aos 7 ou 8 meses. Apesar da imaturidade visual, os recém-nascidos passam muito tempo olhando ativamente à sua volta e sentem-se atraídos por áreas de alto contraste visual, tais como as bordas de um objeto, objetos preto e branco ou com cores primárias brilhantes, padrões complexos, linhas curvilíneas, rostos (principalmente o contorno externo). Aos 2 meses de idade, é possível dizer que os bebês estão mantendo contato visual pois, nesta fase eles focalizam sua atenção no interior do rosto (olhos, nariz e boca).

Nos experimentos sobre visão em recém-nascidos são apresentados pares de estímulos aos bebês. Se eles observam consistentemente por maior tempo um estímulo, em vez de outro, o investigador pode inferir que os bebês distinguem a diferença entre os estímulos e preferem um ao outro.






Compartilhe com seus amigos:
1   ...   15   16   17   18   19   20   21   22   ...   55


©psicod.org 2017
enviar mensagem

    Página principal