Psicologia do esporte



Baixar 7,49 Kb.
Encontro21.05.2018
Tamanho7,49 Kb.

PSICOLOGIA DO ESPORTE

Os esportes têm ganhado cada vez mais atenção em pesquisas, constituindo as ciências do esporte, que obtêm várias disciplinas como a filosofia, antropologia e psicologia, no caso a psicologia do esporte.

A psicologia do esporte teve inicialmente pesquisas relacionadas a fisiologia, os condicionamentos reflexos, por volta de um século atrás. Com o passar do tempo, no final do século XIX, outros aspectos foram sendo percebidos e adicionados a lista de pesquisas e preocupações em relação a esta área, tais como a adrenalina, agressão, dinâmica de grupo, liderança , bem estar psicológico. São diversas as motivações que o atleta se apega na hora da disputa, essas motivações que estão ligadas na mente e refletem no corpo, são direcionadas e cuidadas através desta área recente e crescente da psicologia, que instrui o saber que há possibilidades de vencer, querer ir mais longe, fazer o atleta se fortalecer.

COMO?

O psicólogo do esporte pode trabalhar em três áreas distintas:



  • PESQUISA e ENSINO, essas duas dentro de universidades, faculdades, cursos de extensão ou algum órgão competente;

  • INTERVENÇÃO, que nesse caso irá lidar com os aspectos psicológicos dos atletas e esportistas. É aquele que vai desenvolver programas e propostas de atendimento e assessoria à equipe. Para este último papel é exigida a formação de psicólogo, as demais áreas, tanto pesquisa como ensino, podem ser executadas por profissionais que possuam pós-graduação em Psicologia do Esporte.

A psicologia do esporte atua trabalhando na mente do atleta ou esportista, focando suas necessidades, para melhorar o rendimento do indivíduo e da equipe, buscando o conhecimento de toda uma parte ligada á determinado esporte, analisando e apoiando sua parte total em prol de melhorias.

QUEM QUER QUE ESTEJA FISICAMENTE BEM PREPARADO, PODE FAZER COISAS INCRÍVEIS COM SEU CORPO. MAS QUEM JUNTA A UM CORPO EM FORMA, UMA CABEÇA BEM CUIDADA, É CAPAZ DE EFEITOS EXCEPCIONAIS.”

–Alexander Popov

(melhor nadador da Olimpiada de 1996).

Grupo: Aline Sílvia Guimarães Disciplina: Psicologia, ciência e profissão



Alessandro Pedro Ribeiro Professora: Leila Eto


Compartilhe com seus amigos:


©psicod.org 2017
enviar mensagem

    Página principal