Psicologia aplicada a administraçÃO


Relação esforço-desempenho



Baixar 0,69 Mb.
Página6/14
Encontro03.03.2018
Tamanho0,69 Mb.
1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   14
Relação esforço-desempenho

  1. Probabilidade de atingir o objetivo;

  2. Fator exógeno que vá atrapalhar esforço individual;

  3. Ex.: Produto de menor qualidade com maior preço, ou seja, o esforço será em vão.

  • Relação desempenho-recompensa (instrumentalidade): Magnitude de como eu vou receber;

    1. Retorno financeiro, crescimento,...;

    2. Fator exógeno que enfraquece a relação desempenho-recompensa;

    3. Ex.: Bônus baixo

  • Relação recompensa-necessidade (valência)

    1. O quanto é apreciado a recompensa ao atender as necessidades;

    2. Se houver falta de alinhamento, a recompensa não compensa;

    3. Ex.: Ser promovido, no entanto queria qualidade de vida, e agora terá que trabalhar mais.

    Fazer MBA no Brasil:



    • Maior certeza de ingressar

    Fazer MBA EUA (fora):



    • Menor certeza  Maior esforço

    • Maior retorno financeiro

    • Maior crescimento (dedicação full time)

    • Maior custo ($)

    • Maior reconhecimento/reputação

    • Menor tempo (2 anos full time)

    • Mudança maior

    • Maior networking (contato)

    01.09.14


    1. BONUS BAIXO (1 dia)

    2. BONUS MÉDIO (2 semanas)

    3. BONUS ALTO (5 meses)




    • QUANTO MAIS DINHEIRO, MELHOR?

    Quanto mais se aumentam os incentivos aumentam o desempenho. No entanto isso vai até certo ponto. A partir desse ponto, ocorre uma queda brusca no desempenho.

    Ex.: Experimento com o rato. Na condição de choque fraco, não fez efeito, ou seja, o aprendizado foi muito lento. Com choque médio, os ratos aprenderam mais rápido, mais evolução. Já em um choque forte, pelo medo, passa a pensar menos, ou seja, as habilidades cognitivas passam a desempenhar muito menos.

    Quando aumenta o bônus, o problema é que quando queremos tanto, que passamos a desempenhar pior. Esse experimento é contra intuitivo, pois pensamos que quanto mais dinheiro, mais faremos para consegui-lo.

    Atividades que esse efeito não representa são as atividades mecânicas, que está sobre o controle da pessoa. Ex.: flexões. Você sempre vai tentar mais, é o “só mais um”.





    Compartilhe com seus amigos:
  • 1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   14


    ©psicod.org 2019
    enviar mensagem

        Página principal