Província da África Austral – Sector de Moçambique


Formação dos Delegados dos alunos no Externato Marista de Lisboa -



Baixar 352,92 Kb.
Página9/72
Encontro28.11.2019
Tamanho352,92 Kb.
1   ...   5   6   7   8   9   10   11   12   ...   72
9. Formação dos Delegados dos alunos no Externato Marista de Lisboa - Ano de Espiritualidade
WEB PAGE 10/03/2008
Em todo o mundo Marista desde o dia 7 de Outubro de 2007 até 12 de Outubro de 2008, estamos a viver um ano dedicado à “Espiritualidade Marista”. Dada a importância e significado desta celebração a Equipa pastoral do Externato dedicou uma acção de formação aos Delegados de Pastoral dos alunos. Esta acção de formação surge na sequência da acção que o Irmão Teófilo animou para os docentes desta Escola em Setembro do ano passado realizou-se num dos fins-de-semana de Fevereiro.

A acção centrou-se numa reflexão a partir dos símbolos que figuram no livro Água da Rocha: a água, o fogo, a mesa, a rocha e o caminho. À primeira vista, ao falar destes 5 símbolos, parece que estamos numa classe de Geologia/Biologia. De facto, estes símbolos foram propostos aos participantes na acção de formação como caminho ou referenciais para atitudes que devemos desenvolver ao longo da nossa vida para ser vivida ao estilo marista.

Assim os alunos foram desafiados a olhar para estes símbolos e a relacioná-los com a sua vida. Como e em que sentido estes símbolos podem servir a vida, a sua e a dos outros? Podemos, através deles, ser pessoas que acolhem a vida? Será que eles revelam, como todo o símbolo, elementos que promovem e defendem a vida?

Nesse sentido, como maristas, os alunos chegaram a conclusões simples, mas de grande profundidade vital. Os símbolos, de facto, falaram-lhes, indicando orientações para as suas vidas:


• Devemos procurar saciar-nos nas correntes da Agua Viva que brotam de Jesus Cristo e do seu Evangelho, para que assim nos tornemos rios de água viva;
• Devemos ser anunciadores da Boa Nova. O Fogo é o elemento inspirador da missão marista. A Boa Notícia que brota do Evangelho alimenta a chama que queremos partilhar com todos, sobretudo com aqueles que ainda não conhecem essa Boa Notícia e o seu Autor. O Fogo revela a dimensão apostólica e missionária de todo o marista.
• Como irmãos e irmãs em Cristo temos uma Mesa a partilhar. Somos convidados a fazer comunhão. Jesus Cristo fez esse convite a seus discípulos na Última Ceia e continua hoje a repeti-lo em cada Eucaristia. Para a comunidade de Marcelino a mesa de La Valla representa um poderoso símbolo de família e serviço.
• Caminhamos na fé. A fé é o nosso Caminho. A vida é um mistério que aos poucos se vai revelando. Caminhamos e, encontramos a beleza e o desencanto, a certeza e a dúvida, a alegria e a angustia, mas… caminhamos. E na fé sabemos também que Cristo é o nosso caminho. A vida marista, não pode ser vivida plenamente fora desse caminho.
• A Rocha é a imagem das certezas, dos alicerces do que já percorremos e do que ainda há para percorrer. Para onde vamos? A quem pertencemos? De quem somos responsáveis? Estas questões tão humanas serão mais pacíficas se verdadeiramente tivermos empenhado parte do nosso tempo à procura do verdadeiro sentido da nossa vida. Um sentido que encontraremos em Deus, o rochedo seguro e forte em quem podemos confiar.

Esta ação de formação representou para os Delegados da Pastoral do Externato Marista de Lisboa um passo em frente na sua caminha cristã. Ficaram a saber que a Espiritualidade Marista e os símbolos que lhe estão associados constituem na sua vida elementos preciosos para se tornarem não só mais maristas, mas também mais cristãos. A Espiritualidade Marista é uma das muitas dentro da Espiritualidade cristã. Os alunos descobriram que os cinco símbolos propostos não são apenas símbolos maristas. São símbolos evangélicos e portanto propostos a todos os cristãos. A Espiritualidade Marista ao recolhê-los na sua tradição nada mais faz do que actualizar de um certo modo o que é pertença da tradição cristã e eclesial. Nesse modo marista de viver a Espiritualidade não podemos esquecer Maria. Para Champagnat ela foi quem tudo fez entre nós. Ela viveu e deu força a cada um desses cinco símbolos.


__________________________
Professor Eurico Santos,
Director do Departamento de Pastoral do Externato Marista de Lisboa




Compartilhe com seus amigos:
1   ...   5   6   7   8   9   10   11   12   ...   72


©psicod.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
santa catarina
Prefeitura municipal
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
Processo seletivo
ensino fundamental
Conselho nacional
terapia intensiva
ensino médio
oficial prefeitura
Curriculum vitae
minas gerais
Boletim oficial
educaçÃo infantil
Concurso público
seletivo simplificado
saúde mental
Universidade estadual
direitos humanos
Centro universitário
Poder judiciário
saúde conselho
educaçÃo física
santa maria
Excelentíssimo senhor
assistência social
Conselho regional
Atividade estruturada
ciências humanas
políticas públicas
catarina prefeitura
ensino aprendizagem
outras providências
recursos humanos
Dispõe sobre
secretaria municipal
psicologia programa
Conselho municipal
Colégio estadual
consentimento livre
Corte interamericana
Relatório técnico
público federal
Serviço público
língua portuguesa