Província da África Austral – Sector de Moçambique


Sinais vivos da ternura do Pai



Baixar 352.92 Kb.
Página46/72
Encontro28.11.2019
Tamanho352.92 Kb.
1   ...   42   43   44   45   46   47   48   49   ...   72
Sinais vivos da ternura do Pai

O título acima provém do nº137 de “Água da Rocha”. Escolhi este título porque me fala ao coração e inspira minha ação. Antes de tudo, desejo agradecer o excelente trabalho da equipe que organizou o encontro sobre a Espiritualidade marista, em Nairóbi, para irmãos e leigos. Meu ‘obrigado’ aos Irmãos Teófilo, Mario, Pau e Christian por terem organizado essa sessão tão rica e por nos terem ajudado com sua experiência.

O meu primeiro contato com “Água da Rocha” foi com os Irmãos do Distrito marista da África Ocidental, no retiro anual de 2008, em Kumasi. Abri os olhos para a riqueza desse texto. Depois o aprofundei no encontro de estudos, em Nairóbi. O modo de apresentar o texto inflamou meu coração e, creio, o coração dos 18 participantes. Senti-me como os discípulos, no caminho de Emaús (Lc 24, 32). Rendemo-nos à força e ao poder da espiritualidade marista. No fim da apresentação, não podíamos deixar de amar esse texto e de apreciá-lo como um tesouro.

A “Água da Rocha” é um dom de Deus para o Instituto. É ao maior herança que recebemos como Irmãos maristas. Demos graças a Marcelino Champagnat e aos primeiros Irmãos que nos transmitiram esse tesouro. O documento enriquece nossa oração, suscita a reflexão e inspira nossa ação (“Água da Rocha”, p. 19). Depois que esse texto nos foi apresentado em Nairóbi, ele constitui minha oração pessoal. Faz-me refletir sobre muitas questões que ele suscita. “Água da Rocha” é um documento prático, um documento que convida à ação. Sempre que o abordo, sinto a presença de Marcelino Champagnat, começo a rezar e sinto-me convidado a pôr em prática o que leio.

Sinto como um desafio e, ao mesmo tempo, encorajam-me certos parágrafos desse livro. O nº6 diz que o “modo de os primeiros irmãos viverem o Evangelho reflete o caráter, os valores e a espiritualidade de Marcelino Champagnat”. Esse número desperta em mim várias perguntas: Será que minha vida reflete o nome de “Pequenos Irmãos de Maria”? Que tipo de Evangelho anuncio através de minha vida? Minha presença é boa nova para as pessoas ao meu derredor? Esse parágrafo me desafia a refletir sobre minha vida e convida-me a ser Champagnat em meu tempo.

Quando reflito sobre o nº104, sinto-me pessoalmente convidado a, não apenas, reunir, abençoar, partir e partilhar, mas de me tornar também um altar vivo, onde o amor gratuito do Cristo está presente, como inspiração e fonte de vida espiritual, para todos os que encontro” (Para Bento XVI), 2008). E mais, impressiona-me o convite do nº137 que, apesar de meus limites, me convoca a ser “memória visível e permanente da amorosa e misericordiosa presença de Deus, em meio a seu povo: sinais vivos da ternura do Pai”. Isso é entusiasmante e encorajador. O documento “Água da Rocha” fala constantemente da presença amorosa de Deus, apesar de nosso nada. Por isso, eu digo que a “água da rocha” desse livro é um tesouro que todo cristão deve procurar. É de verdade, água viva.

_______________
Ir. John Kusi-Mensah
Distrito Marista da África Ocidental - Gana



Baixar 352.92 Kb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   42   43   44   45   46   47   48   49   ...   72




©psicod.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
ensino fundamental
ensino médio
Processo seletivo
minas gerais
Conselho nacional
terapia intensiva
Curriculum vitae
oficial prefeitura
Boletim oficial
seletivo simplificado
Concurso público
Universidade estadual
educaçÃo infantil
saúde mental
direitos humanos
Centro universitário
Poder judiciário
educaçÃo física
saúde conselho
assistência social
santa maria
Excelentíssimo senhor
Conselho regional
Atividade estruturada
ciências humanas
políticas públicas
outras providências
catarina prefeitura
ensino aprendizagem
secretaria municipal
Dispõe sobre
Conselho municipal
recursos humanos
Colégio estadual
consentimento livre
ResoluçÃo consepe
psicologia programa
ministério público
língua portuguesa
público federal
Corte interamericana