Província da África Austral – Sector de Moçambique


Programa para a preparação de animadores leigos Maristas na África e Madagáscar



Baixar 352,92 Kb.
Página37/72
Encontro28.11.2019
Tamanho352,92 Kb.
1   ...   33   34   35   36   37   38   39   40   ...   72
35. Programa para a preparação de animadores leigos Maristas na África e Madagáscar
Seminário sobre a Espiritualidade Marista
web page 06/10/2008
Entre os dias 18 e 31 de setembro se reuniu, em Nairobi, um grupo de leigos que participou de um seminário, sob a orientação dos irmãos Teófilo Minga e Pau Fornells. Este seminário teve como objetivo primário preparar animadores leigos Marista, sobretudo na perspectiva da espiritualidade marista. Os participantes no seminário eram 22, de 12 países da África. Abaixo reproduzimos as palavras de boas-vindas do irmão Teófilo, proferidas no início do encontro.

Queridos Irmãos e Leigos Maristas que tomais parte no "Programa para a preparação de animadores leigos Maristas na África e Madagáscar", sede bem-vindos a este seminário sobre a Espiritualidade Marista. É uma grande alegria para o Secretariado dos Leigos e para a Comissão de Vida Religiosa ter-vos aqui. Vocês foram escolhidos pela vossa Província. Os vossos provinciais e todos os Irmãos e Leigos Maristas de vossos países confiam no vosso grande amor pelo Instituto Marista. Confiam na vossa capacidade de animar programas na vossa Província relacionados com a presença de Leigos Maristas nas nossas actividades pastorais e com a Espiritualidade Marista, tal como é apresentada no livro recentemente publicado: ÁGUA DA ROCHA.

Este seminário quer ser uma ajuda importante para todos vós. Nele partilharemos convosco uma grande quantidade de informações e experiências relacionadas com vários temas importantes para a Congregação Marista. E, de um modo particular, eles importantes para a África Marista. Dois destes tópicos emergem e estarão presentes durante todo o Seminário: a vocação dos Leigos Maristas e a Espiritualidade Maristas.

Neste sentido é bom recordar para todos vós os objectivos específicos do seminário, embora já os tenham recebido há alguns meses. São de grande importância e relevância por todos nós e de um modo especial, para vós, participantes deste Seminário.
Os objectivos específicos de nosso Seminário são:

1. Preparar animadores da Espiritualidade Marista para África e Madagáscar; animadores que a conheçam, vivam e comuniquem.
2. Preparar um programa de formação espiritual, culturalmente apropriado e possível dentro do contexto africano malgaxe; poderia ser um modelo oferecido aos grupos leigos dentro da Igreja ou das congregações.
3. Preparar formadores com a capacidade para avaliar a necessidade de acompanhamento dos programas de formação espiritual e para elaborar e realizar tais programas.
4. Estabelecer uma rede continental de formadores espirituais, Irmãos e Leigos, com o objectivo de desenvolver programas de formação nos seus próprios países, partilhando experiências a nível internacional.

Ao relembrarmos os objectivos da nossa reunião poderíamos ter medo. Parece que pedem muito, que exigem muito. E, contudo, precisamos de ter diante de nós, objectivos claros e exigentes que desafiam a nossa coragem. Objectivos que nos desafiam a olhar futuro com grande esperança, a sermos pessoas com “audácia e esperança” para usar o criativo slogan de um dos nossos capítulos anteriores. Creio que todos vocês vêm animados por esta coragem e por esta esperança que podem conduzir a novas experiências de vida Marista em África e Madagáscar. Não temos que ter medo do futuro. Ajudemos a construir esse mesmo futuro sabendo que o Espírito de Deus, i.e., a sua graça está connosco. Somos simples colaboradores de Deus mas com a sua graça, podemos fazer grandes coisas. Este é o ensinamento do grande Paul de Tarso, que recordamos este ano de um modo especial. Ele estava convencido de que todo o seu apostolado era um milagre da graça de Deus: "Não sou eu, mas a graça de Deus que está em mim" (1 Co 15, 10).

Maria e Champagnat estão connosco, ao olharmos para o futuro da vida Marista no nosso continente; uma vida que queremos fortalecida e revigorada. Foram pessoas corajosas e as pessoas de esperança no seu tempo. Nós somos seus discípulos. Eles estarão presentes no nosso continente através do nosso compromisso e do nosso testemunho como Maristas.

Na planificação do Seminário que vos mandamos há uns meses, sublinhávamos alguns elementos que nos permitirão não apenas um maior conhecimento da Espiritualidade Marista, mas também um grande desejo de sermos maristas com um grande zelo nas actividades apostólicas que empreendemos. Através delas o Reino de Deus estará mais presente no nosso continente.

É bom relembrarmos esses elementos neste momento em que Irmãos e Leigos maristas, estamos prestes a viver uma experiência de aprendizagem e de vida comum nos próximos dias.

• O que significa espiritualidade num contexto africano?
• Irmãos e Leigos vivendo em conjunto numa de Igreja comunhão.
• Descobrir o livro Água da Rocha como o livro mais actual sobre a Espiritualidade Marista.
• Como transmitir em nossas Unidades Administrativas o que recebemos neste Seminário?

Todos estes aspectos são importantes. O último nos chama a um compromisso especial em nossas Províncias depois do Seminário. Sejamos generosos ao responder à chamada de Deus, pensando em toda a Família Marista, Irmãos e Leigos. Sejamos generosos para viver, amar e promover a Espiritualidade Marista na África e em Madagáscar.
Um caloroso “Sejam bem-vindos”, mais uma vez.

__________________


Irmão Teófilo - Secretário da Comissão de Vida Religiosa.




Compartilhe com seus amigos:
1   ...   33   34   35   36   37   38   39   40   ...   72


©psicod.org 2019
enviar mensagem

    Página principal