Província da África Austral – Sector de Moçambique



Baixar 352.92 Kb.
Página21/72
Encontro28.11.2019
Tamanho352.92 Kb.
1   ...   17   18   19   20   21   22   23   24   ...   72
Terceiro capítulo

No que estudámos, descobrimos a importância de Maria como modelo nas relações fraternas. Deixamo-nos cativar pela sua sensibilidade e pela sua atenção aos mais necessitados. Se cultivamos estas suas atitudes, então também ela nos ajudará a ser testemunhos que podem fortalecer a fé de nossos irmãos e irmãs. Em Maria, descobrimos um nova modo de ser Igreja, com um coração de mãe, disposta a perdoar, acolher, confrontar, escutar e dialogar.

Vimos também, por outro lado, que viver em comunidade não é um caminho fácil: há fragilidades, limites e diferenças. É preciso cultivar um processo contínuo de reconciliação que sustente a vida fraterna e faça de Cristo o centro da comunidade. A fé partilhada se apresenta como um modo de ultrapassar dificuldades e um caminho para fazer de nossas comunidades escolas de fé. Em resumo, a vivência em profundidade dos momentos quotidianos faz que a nossa oração e as nossas celebrações litúrgicas sejam mais significativas. Sabemos que as palavras IRMÃO e IRMÃ expressam o estilo e o carácter marista de nos relacionarmos. Neste sentido, a fraternidade marista converte-se em um sinal de confiança e esperança para os outros. Vemos, por outro lado, que o documento nos faz referência à urgente necessidade de criar estruturas interculturais que nos façam viver de maneira construtiva as riquezas diversas, celebrando assim a abundância da presença de Deus a quem descobrimos também na natureza e em toda a criação.

Em relação à última ideia, encontramos uma grande dimensão ecológica que nos convida a sentir-nos parte de um mundo que vão além do nosso país, que nos inspira a amar o nosso planeta e a manter o equilíbrio na natureza, criando assim uma atmosfera de aceitação, de respeito mútuo, de justiça e de participação. Finalmente, somos convidados também a estar dispostos a formar comunidades portadoras de vida, levando em conta as palavras de Jesus, retomadas pelo fundador em seu testamento espiritual: “amai-vos uns aos outros”.

_________________
Equipe
Nicolás Arteaga
José Miguel Caballero
Javier Cedeño
Marino Muñoz
Marco Antonio Vargas

Noviciado de Medellín, 27 de Abril de 2008





Baixar 352.92 Kb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   17   18   19   20   21   22   23   24   ...   72




©psicod.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
ensino fundamental
ensino médio
Processo seletivo
minas gerais
Conselho nacional
terapia intensiva
Curriculum vitae
oficial prefeitura
Boletim oficial
seletivo simplificado
Concurso público
Universidade estadual
educaçÃo infantil
saúde mental
direitos humanos
Centro universitário
Poder judiciário
educaçÃo física
saúde conselho
assistência social
santa maria
Excelentíssimo senhor
Conselho regional
Atividade estruturada
ciências humanas
políticas públicas
outras providências
catarina prefeitura
ensino aprendizagem
secretaria municipal
Dispõe sobre
Conselho municipal
recursos humanos
Colégio estadual
consentimento livre
ResoluçÃo consepe
psicologia programa
ministério público
língua portuguesa
público federal
Corte interamericana