Projeto pedagógico do curso de farmácia da faculdade de ciências sociais e agrárias de itapeva fait


Interdisciplinaridade e Transdisciplinaridade



Baixar 3,13 Mb.
Página173/295
Encontro30.11.2019
Tamanho3,13 Mb.
1   ...   169   170   171   172   173   174   175   176   ...   295

3.4.3. Interdisciplinaridade e Transdisciplinaridade

Para a FAIT a interdisciplinaridade não é justaposição de conhecimentos de diferentes componentes curriculares, mas, sim, uma atitude no desenvolvimento da ação pedagógica ou de abordagem aplicativa das ciências; esta implica estabelecer articulações e interações que sejam pertinentes e adequadas à construção do conhecimento de cada uma das unidades curriculares específicas envolvidas no processo de ensino-aprendizagem. Reforçando esse pensamento, Dambrósio (1997), afirma que “a interdisciplinaridade repousa sobre uma atitude aberta, de respeito mútuo e mesmo de humildade com relação a mitos, religião e sistemas de explicações e de conhecimento, evitando qualquer arrogância ou prepotência”. Não significa fusão de conteúdo ou de metodologias, mas implica em interface de conhecimentos parciais específicos que tem, por objetivo, um conhecer transversal e global.

A interdisciplinaridade não é algo que se aprende, é algo que se vive, implicando mais uma atitude do espírito que pressupõe curiosidade, abertura e intuição para a descoberta das relações existentes entre as coisas. É a forma de restabelecermos a unidade perdida do saber. Neste sentido, na interdisciplinaridade tem-se uma relação de reciprocidade, de mutualidade, em regime de copropriedade, que possibilita um diálogo mais rico entre os vários campos do saber.

A exigência interdisciplinar impõe a cada unidade curricular que transcenda sua especialidade tomando consciência de seus próprios limites para acolher as contribuições de outras unidades curriculares. A interdisciplinaridade provoca trocas generalizadas de informações e de críticas, amplia a formação geral e questiona a acomodação dos pressupostos implícitos em cada área, fortalecendo o trabalho de equipe.

Além disso, são princípios gerais da interdisciplinaridade, assumidos na IES: não considerar somente as relações entre as unidades curriculares, mas, fundamentalmente, o objetivo do Curso em si com as pessoas responsáveis pelas unidades curriculares; organizar as unidades curriculares em torno da proposta pedagógica (processo ensino-aprendizagem); equilibrar as diferentes áreas de conhecimento, na base da heterogeneidade e considerar os objetivos do curso, em detrimento do excessivo conteúdo que cada especialista tende a exaltar.

Um trabalho interdisciplinar, antes de garantir associação temática entre diferentes disciplinas, ação possível, mas não imprescindível, deve buscar unidade em termos de prática docente, ou seja, independentemente dos temas/assuntos tratados em cada disciplina isoladamente. Os educadores de determinada unidade escolar devem comungar uma prática docente voltada para a construção de conhecimentos e de autonomia intelectual por parte dos educandos.

Outro aspecto a ser lembrado é que, sob tal perspectiva, o trabalho docente deve fazer com que as chamadas aulas meramente “discursivas” ou “expositivas” se tornem coadjuvantes e secundárias em relação às posturas de mediação que o educador deve assumir em relação aos trabalhos realizados pelos educandos (individualmente, em grupos ou coletivamente). O subproduto natural dessa opção será a redução drástica dos chamados conteúdos programáticos, que não podem ser vistos como um fim em si, mas apenas como meios para que os educandos construam conhecimentos.

Se tais premissas forem desenvolvidas e praticadas por educadores de diferentes disciplinas concomitantemente, inclusive no que se refere à prática de processos de avaliação centrados na observação do desenvolvimento dos educandos em relação às capacidades e conceitos que estes mobilizam, constroem e reconstroem ao longo dos processos de ensino-aprendizagem. Assim, tem-se um trabalho efetivamente interdisciplinar, independentemente do fato de disciplinas, diversas trabalharem com temas/assuntos diferenciados entre si. Isso porque teremos diferentes disciplinas contribuindo, cada qual no âmbito dos seus objetos de estudos, conceitos, procedimentos, capacidades que lhes são próprios, para que os educandos construam/reconstruam conhecimentos e desenvolvam autonomia intelectual.

Weil, D´Ambrósio e Crema (1993) comentam que o termo transdisciplinar foi criado por Piaget ao falar do aparecimento de um estágio superior, por ele chamado de transdisciplinar, em que disciplinas não se contentam em atingir as interações ou relações de reciprocidade, estabelecendo ligações no interior de um sistema total sem fronteiras estáveis entre disciplinas.

Como o prefixo "trans" indica, a transdisciplinaridade diz respeito ao que está, ao mesmo tempo, entre as disciplinas, através das diferentes disciplinas e além de todas as disciplinas. Seu objetivo é a compreensão do mundo presente, e um dos imperativos para isso é a unidade do conhecimento. Enquanto isso, a interdisciplinaridade ultrapassa as disciplinas, mas seu objetivo permanece dentro do mesmo quadro de referência disciplinar. Dessa forma, a transdisciplinaridade não é antagônica, mas complementar à interdisciplinaridade (NICOLESCU, 2001).









Compartilhe com seus amigos:
1   ...   169   170   171   172   173   174   175   176   ...   295


©psicod.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
santa catarina
Prefeitura municipal
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
Processo seletivo
ensino fundamental
Conselho nacional
terapia intensiva
ensino médio
oficial prefeitura
Curriculum vitae
minas gerais
Boletim oficial
educaçÃo infantil
Concurso público
seletivo simplificado
saúde mental
Universidade estadual
direitos humanos
Centro universitário
Poder judiciário
saúde conselho
educaçÃo física
santa maria
Excelentíssimo senhor
assistência social
Conselho regional
Atividade estruturada
ciências humanas
políticas públicas
catarina prefeitura
ensino aprendizagem
outras providências
recursos humanos
Dispõe sobre
secretaria municipal
psicologia programa
Conselho municipal
Colégio estadual
consentimento livre
Corte interamericana
Relatório técnico
público federal
Serviço público
língua portuguesa