Projeto jovem aprendiz



Baixar 5,16 Mb.
Página11/24
Encontro28.11.2019
Tamanho5,16 Mb.
1   ...   7   8   9   10   11   12   13   14   ...   24
Apresentação do Programa

O programa Jovem Agricultor Aprendiz, capacitará adolescentes e jovens para o ingresso no mercado de trabalho, de acordo com a Lei 10.097/2000, em condições especiais, sem prejuízo da escolaridade formal, através de atividades controladas, em ambiente protegido, atendendo à demanda existente, respeitando assim o Decreto nº 6481/08 (lista das piores formas de trabalho Infantil).

As transformações ocorridas em nível mundial, relacionadas aos avanços tecnológicos e aos mercados globalizados mostram à sociedade as alterações ocorridas em relação aos postos e forma de trabalho. O Projeto Jovem Agricultor Aprendiz foi formatado pelo SENAR-PR diante da necessidade de se levar aos jovens do meio rurais paranaenses treinamentos de aprendizagem profissional rural. A partir de demanda identificada em campo o corpo técnico do SENAR-PR definiu um modelo de aprendizagem capaz de atender jovens agricultores de 14 a 18 anos, já inseridos no contexto de atividades agrossilvipastoris, no entanto, sem a devida qualificação para o desenvolvimento de tarefas nesta área.

Para implementação, de uma proposta para os jovens do espaço rural é preciso ter claro que se trabalha com sujeitos que retratam múltiplas identidades, em função das suas trajetórias de vida e trabalho. O intuito do Projeto Jovem Agricultor Aprendiz é fixar os jovens rurais em sua região, dando a eles condições de aprender mais sobre o papel e a importância da agricultura e pecuária, despertando interesse para que participem da administração de propriedade familiar, ao mesmo tempo incentivando que deem continuidade aos estudos, demonstrando que somando conhecimentos poderão ter boas oportunidades no campo.

O curso voltado para formar o Jovem Agricultor Aprendiz visa trabalhar as competências básicas, específicas, de gestão e de empreendedorismo necessárias à realização, com pró-atividade, autonomia, segurança e qualidade, as atividades inerentes ao exercício da profissão de Gestor do Agronegócio. O programa trabalha temas multidisciplinares que auxiliam na formação de competências técnicas e educação permanente. A programação deve abranger as competências da ocupação, possibilitando ao participante conjugar conhecimento e prática, respeitando os limites de profundidade de conteúdo, uma vez que se trata de formação inicial preparando para gestão e empreendedorismo, buscando despertar as características empreendedoras pessoais e de liderança que os jovens possam desenvolver ao longo do tempo.

A programação deve abranger as principais competências da ocupação possibilitando que o participante conjugue conhecimento e prática, respeitando os limites de profundidade de conteúdo.

Competências que deverão ser evidenciadas ao final da capacitação:



  • Aplicar técnicas de postura profissional no exercício da função.

  • Competências técnicas

  • Competências de educação permanente

  • Competências sociais e interpessoais

  • Valores humanísticos







  1. Compartilhe com seus amigos:
1   ...   7   8   9   10   11   12   13   14   ...   24


©psicod.org 2019
enviar mensagem

    Página principal