Projecto abdupor



Baixar 31 Kb.
Encontro16.09.2018
Tamanho31 Kb.

Projecto ABDUPOR

Abduções em Portugal
Coordenado pelos professores Pedro Barbosa e Joaquim Fernandes, este projecto integrado no CTEC visa:
1. Efectuar o levantamento, análise e mapeamento de experiências abdutivas e de contactismo em território português nas diferentes dimensões (fenomenológica, psicológica, física, cognitiva, comportamental, etc.) e nas suas consequências para o sujeito envolvido.
2. Proceder ao inventário e registo em Portugal de experiências de “abdução” e “contacto” em cujas narrativas sejam reportados quaisquer tipos de “entidades inteligentes não-humanas” ou “alienígenas”, entendidas estas pelo sujeito-percipiente como seres extraterrenos, intraterrenos ou transdimensionais.
3. Diligenciar, após concordância do sujeito-paciente, o encaminhamento de indivíduos que apresentem sintomas de Stress Pós-Traumático, relacionado com experiências de tipo abdutivo (Síndrome de Pós-Abdução - PAS) para apoio clínico especializado em Psicoterapia, Hipnologia, Psicologia Clínica e/ou Medicina.

4. Toda e qualquer pessoa que se julgue incluída neste perfil, suspeitando de experiências, conscientes ou não, de “contacto ou de abdução” por intervenção de terceiros (sensação de presença, visita ou mesmo sequestro por entidades não-humanas, lapsos de tempo com amnésia, pânico, desorientação, dores de cabeça, diarreia, vómitos, manchas no corpo inexplicáveis ao acordar, suspeita de ter algum implante, eventual memória de experiências sexuais insólitas, paranormalidade, sentido de missão, ansiedade, perturbações do sono, etc.) poderá, se o desejar, relatar o seu caso contactando diretamente o CTEC. Em todo o processo de análise e tratamento serão acordados com os sujeitos-percipientes procedimentos éticos de investigação que protejam todos os requisitos de confidencialidade e seus dados pessoais.


6. Os contactos podem ser feitos ao cuidado do email ctec@ufp.edu.pt ).
Nota final:

Importa esclarecer que este projecto é norteado por um espírito de investigação e propósito de ajuda sem quaisquer apoios financeiros, totalmente alheio a interesses lucrativos, e desenvolvido para além da respectiva actividade profissional dos elementos integrantes do Grupo de Investigação, pelo que é esperada a devida compreensão resultante das limitações de meios humanos e de recursos materiais disponíveis no âmbito do CTEC.


Grupo de Investigação: Pedro Barbosa (semiótica), Joaquim Fernandes (história), Fernando Ribeiro (antropologia).

Psicoterapeutas/clínicos de apoio: Sueli Simões (psicoterapeuta/regressão), Graça Veiga (médica), Sónia Granja Barbosa (psicologia clínica), Manuel Domingos (neuropsicologia e neurofisiologia), Mário Simões (psiquiatra/regressão e antropólogo).

Consultores: Paulo Seixas (antropologia), Teresa Toldy (teologia), José Soares Martins (psicologia social), Carlos Fernandes Silva (psicofisiologia) e Paulo Gali Macedo (astrofísica).


Compartilhe com seus amigos:


©psicod.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
santa catarina
Prefeitura municipal
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
ensino fundamental
Processo seletivo
terapia intensiva
Conselho nacional
Curriculum vitae
oficial prefeitura
ensino médio
minas gerais
Boletim oficial
Concurso público
educaçÃo infantil
Universidade estadual
seletivo simplificado
saúde mental
direitos humanos
Centro universitário
Poder judiciário
saúde conselho
educaçÃo física
santa maria
Excelentíssimo senhor
Conselho regional
assistência social
ciências humanas
Atividade estruturada
políticas públicas
catarina prefeitura
ensino aprendizagem
Dispõe sobre
outras providências
recursos humanos
secretaria municipal
Conselho municipal
psicologia programa
Colégio estadual
consentimento livre
ResoluçÃo consepe
Relatório técnico
Corte interamericana
público federal
ministério público