Prioridade: ufma, patrimônio da sociedade maranhense



Baixar 26,18 Kb.
Página1/4
Encontro30.05.2018
Tamanho26,18 Kb.
  1   2   3   4


VICE-REITOR: 44

ZARTÚ GIGLIO

UFMA, PATRIMÔNIO DA SOCIEDADE MARANHENSE
Aos estudantes, servidores técnico-administrativos e docentes,
Acima de qualquer interesse pessoal ou de grupos específicos, a UFMA deve ser preservada, valorizada e respeitada como um patrimônio da sociedade maranhense. Ao longo de mais de quarenta anos, muitos foram os que protagonizaram a história da Universidade Federal do Maranhão e que, em contrapartida, respondeu formando profissionais e produzindo conhecimentos que impulsionaram o desenvolvimento do Estado do Maranhão.

O processo de construção da história da UFMA é contínuo e a responsabilidade é de todos nós. Vivemos um momento especial em relação aos próximos quatro anos.O pleito, a ser realizado no próximo dia 05 de junho, indicará não apenas o próximo Reitor e Vice-Reitor da UFMA, mas, essencialmente um perfil de gestão, que, certamente, estará vinculado ao histórico da vida acadêmica, dos compromissos políticos e sociais anteriormente assumidos pelos candidatos. Neste sentido a relevância da opção pelo voto é primordial, sobretudo pelo fato de que, pela primeira vez, estaremos optando por um candidato a Reitor e por um outro para Vice-Reitor ao mesmo tempo, embora em eleições independentes.

Apresento-me à comunidade universitária como candidato a Vice-Reitor da UFMA, a partir de um movimento coletivo e afinidade programática com a candidatura do Prof. Dr. Francisco Gonçalves a Reitor, que se qualifica por sua prática política vinculada aos movimentos sociais.

Em respeito ao direito do eleitor ao conhecimento sobre o perfil e à história de vida profissional dos candidatos, uma vez que sua decisão pelo voto indicará sua preferência pelos futuros gestores da UFMA sinto-me na obrigação de apresentar um pequeno histórico sobre minha trajetória profissional.

Professor da UFMA há 27 anos, graduado em Licenciatura em Educação Física pela Universidade de São Paulo-USP, Mestre em Psicologia da Educação e Doutor em Psicologia Social pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo-PUCSP, ocasião em que integrei um Núcleo de Estudos e Pesquisas em Movimentos Sociais vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social, período em que exerci a função de editor executivo da Revista Psicologia Política, editada pela Sociedade Brasileira de Psicologia Política (2000/01).

Iniciei minha carreira acadêmica em 1977, como primeiro chefe de departamento da área de Educação Física da Universidade Estadual do Maranhão-UEMA, e um dos autores do projeto de implantação da Educação Física na mesma universidade.

Paralelo á minha atividade acadêmica iniciei um trabalho como técnico desportivo, na modalidade de Voleibol. Por muitos anos tive o privilégio de ter sido o técnico da Seleção Maranhense de Voleibol, período em que obtive (como destaque) o honroso título de Campeão Brasileiro da terceira divisão (1980-Sergipe); a conquista de 33 (trinta e três) títulos como técnico campeão estadual; a Medalha do Mérito Esportivo do Governo do Estado do Maranhão e a qualificação como Técnico Internacional NIII, conferida pela Federação Internacional de Voley-Ball – FIVB e pela Confederação Brasileira de Voleibol-CBV.

Na UFMA, integrei o grupo que liderou o movimento pelo enquadramento dos professores Colaboradores que haviam prestado concurso público e que se encontravam ameaçados pela administração da época (resultado: mais de setenta professores foram enquadrados na Carreira do Magistério Superior, em 1988). No mesmo ano fui eleito Vice-Presidente da APRUMA, na gestão do prof. Moacir Feitosa (1988/89); em 1990 fui eleito Presidente da Comissão Permanente de Pessoal Docente –CPPD, e m 1995 fui eleito (com 94% dos votos) Chefe do Departamento de Educação Física.






Compartilhe com seus amigos:
  1   2   3   4


©psicod.org 2017
enviar mensagem

    Página principal