Principais dúvidas sobre o Regimento Interno


ESTÁGIO DOCÊNCIA (conforme Resolução Nº 063/2010-CONSEPE/UFRN)



Baixar 128 Kb.
Página11/19
Encontro11.08.2018
Tamanho128 Kb.
1   ...   7   8   9   10   11   12   13   14   ...   19

9. ESTÁGIO DOCÊNCIA (conforme Resolução Nº 063/2010-CONSEPE/UFRN)


As atividades de Assistência à Docência na Graduação serão desenvolvidas por alunos regularmente matriculados em Programas de Pós-Graduação Stricto sensu, nos níveis de Mestrado e Doutorado.

Tais atividades constituem parte do processo de formação de Mestres e Doutores para a docência e deverão ser realizadas sem prejuízo do tempo de titulação dos mesmos.

As atividades de Assistência à Docência são aplicáveis, obrigatoriamente, aos bolsistas do Programa de Demanda Social da CAPES, e aos alunos com bolsas concedidas pela UFRN, nas modalidades de assistência ao ensino e de apoio à Pós-Graduação.

A participação no Programa de Assistência à Docência na Graduação (PADG) é facultada aos demais alunos de Pós-Graduação.

Poderá ser dispensado da obrigatoriedade de participar do PADG da UFRN o aluno que comprovar:


  1. Ter participado do Programa de Assistência à Docência em outro Curso de Pós-Graduação Stricto sensu na UFRN ou outra Instituição de Ensino Superior - IES como bolsista ou voluntário;

  2. Ter experiência como docente do ensino superior pelo período mínimo de 1 (um) semestre para aluno de curso de mestrado e 2 (dois) semestres, para aluno de curso de doutorado.

Por decisão do Colegiado de Representantes do PPGPSI, a experiência docente no ensino superior deverá ser na área de Psicologia e exercida no período em que o discente esteja regularmente matriculado no Programa.

As atividades de Assistência à Docência na Graduação junto ao componente curricular deverão ser desenvolvidas pelo período mínimo de 1 (um) semestre para aluno de curso de Mestrado, e 2 (dois) semestres para aluno de curso de Doutorado.

O aluno de pós-graduação não substitui o professor do componente curricular, que continua como responsável pelo componente e pelo acompanhamento do aluno bolsista.

A atividade de docência assistida com participação em atividade de aula fica limitada a 1/3 da carga horária do componente curricular e um aluno docente por disciplina.

O aluno de Pós-Graduação somente estará habilitado a desenvolver as atividades de docência assistida após a conclusão do Curso de Iniciação à Docência e a solicitação de matrícula na atividade de Estágio Docência em Psicologia.

O Curso de Iniciação à Docência (CID) é de responsabilidade da Pró-Reitoria de Pós-Graduação, através da Coordenação de Apoio Técnico e Pedagógico, em articulação com os Programas de Pós-Graduação. O CID será registrado no histórico escolar do aluno de pós-graduação como uma disciplina ou atividade, pela Pró-Reitoria de Pós-Graduação.

O aluno deverá cumprir a frequência mínima de 75% (setenta e cinco por cento) do Curso de Iniciação à Docência para atuação no componente curricular.

A atuação do aluno de pós-graduação no componente curricular deverá ser definida por meio de um Plano de Docência Assistida, a ser elaborado em conjunto com o docente do componente e submetido ao programa de Pós-Graduação através do Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas - SIGAA.

O Plano de Docência Assistida deverá conter:



  1. Dados do aluno de pós-graduação;

  2. Dados do componente curricular de atuação do aluno de pós-graduação;

  3. Justificativa da escolha do componente;

  4. Natureza das atividades;

  5. Formas de atuação e carga horária circunstanciada para as atividades pertinentes (planejamento, preparação, atividade de aula e atendimento a aluno);

  6. Cronograma.

O Plano de Docência Assistida deverá ser submetido, obrigatoriamente, à aprovação pelo Colegiado do Programa de Pós-Graduação a que estiver vinculado o aluno, após ciência do orientador, do docente titular da disciplina, do coordenador do curso de Graduação ao qual a turma será ofertada e do chefe do Departamento ao qual está vinculado o componente. Após aprovação no colegiado do Programa de Pós-Graduação, o Plano de Docência Assistida será enviado através do Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas - SIGAA à Pró-Reitoria de Pós-Graduação - PPg.

O acompanhamento, supervisão e avaliação das atividades de assistência à docência serão realizados pelo professor responsável pelo componente curricular e pelo orientador, com ciência dos coordenadores de Graduação e Pós-Graduação.

O aluno deverá elaborar relatório de atividades, semestralmente, encaminhando à Coordenação do Programa de Pós-Graduação através do Sistema Integrado de Atividades Acadêmicas - SIGAA.

Os relatórios de atividades serão analisados e submetidos à aprovação do colegiado do Programa de Pós-Graduação, sendo posteriormente encaminhados à Pró-Reitoria de Pós-Graduação – PPg.




Baixar 128 Kb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   7   8   9   10   11   12   13   14   ...   19




©psicod.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
ensino fundamental
Processo seletivo
ensino médio
Conselho nacional
minas gerais
terapia intensiva
oficial prefeitura
Curriculum vitae
Boletim oficial
seletivo simplificado
Concurso público
Universidade estadual
educaçÃo infantil
saúde mental
direitos humanos
Centro universitário
Poder judiciário
educaçÃo física
saúde conselho
santa maria
assistência social
Excelentíssimo senhor
Atividade estruturada
Conselho regional
ensino aprendizagem
ciências humanas
secretaria municipal
outras providências
políticas públicas
catarina prefeitura
recursos humanos
Conselho municipal
Dispõe sobre
ResoluçÃo consepe
Colégio estadual
psicologia programa
consentimento livre
ministério público
público federal
extensão universitária
língua portuguesa