Prazeres estéticos 1



Baixar 231,12 Kb.
Página1/8
Encontro11.10.2018
Tamanho231,12 Kb.
  1   2   3   4   5   6   7   8

PRAZERES ESTÉTICOS 1
Carolyn Korsmeyer

Tradução Osvaldo Carvalho

Revisão Inês Lacerda Araújo
Filosofias que desenvolveram ideias sobre as belas artes e um domínio distinto de valor estético no início do período moderno tornaram-se textos fundamentais para a teoria estética contemporânea, e este capítulo analisa algumas das mais influentes. Veremos que na medida em que importou distinções de gênero para os conceitos de beleza, sublimidade, prazer, e a própria estética, estas teorias contribuíram para intensificar a ideia de que ambos, artistas e os melhores juízes críticos de arte, são idealmente masculinos. Mais adiante, no Capítulo 3, também veremos que todos esses fatores tiveram uma importância considerável para a prática de mulheres artistas, porque dentro dos discursos relativamente abstratos de estética filosófica existem redes de conceitos que descrevem e prescrevem os limites de como as mulheres devem agir, como devem pensar e sentir, e as qualidades que elas devem cultivar na arte e na vida. Em outras palavras, existe uma oscilação entre a dimensão abstrata do discurso e suas implicações e, às vezes, imediatamente em ramificações práticas. Vamos começar com algumas informações gerais sobre o ambiente filosófico em que os modernos conceitos centrais em estética foram articulados.



Compartilhe com seus amigos:
  1   2   3   4   5   6   7   8


©psicod.org 2017
enviar mensagem

    Página principal