PortuguêS 2004 (prf / policial rodoviário / cespe / 2004)



Baixar 316.22 Kb.
Encontro05.07.2018
Tamanho316.22 Kb.



PORTUGUÊS 2004

(PRF / POLICIAL RODOVIÁRIO / CESPE / 2004)

Por obrigação profissional, vivo metido no meio de pessoas de sucesso, marcadas pela notável superação de limites. Vejo como o brilho provoca a ansiedade do reconhecimento permanente. Aplauso vicia. Arriscando-me a fazer psicologia de botequim, frase de livro de autoajuda ou reflexões vulgares da meia-idade, exponho uma desconfiança: o adulto que gosta de brincar e não faz sucesso tem, em contrapartida, a magnífica chance de ser mais feliz, livre do vício do aplauso, mais próximo das coisas simples. O problema é que parece ridículo uma escola informar aos pais que mais importante do que gerar bons profissionais, máquinas de produção, é fazer pessoas felizes por serem o que são e gostarem do que gostam.

Gilberto Dimenstein. O direito de brincar. In: Folha de S. Paulo, 2/11/2001, p. C8 (com adaptações).



Acerca das ideias e das estruturas do texto acima, que aborda aspectos da sociedade contemporânea, e considerando as transformações históricas ocorridas no Brasil a partir de meados do século XX, julgue os itens que se seguem.

5. A opção pelo emprego do ponto de vista em primeira pessoa atribui ao texto certo grau de subjetividade e configura um gênero de artigo em que as opiniões são assumidas de forma pessoal.

(PRF / POLICIAL RODOVIÁRIO / CESPE / 2004)

6. Expressões como “vivo metido no meio de pessoas” (l.1) e “psicologia de botequim” (l.4) denotam interesse em produzir um texto coloquial, informal, que se distancia dos gêneros próprios do discurso científico.



(PRF / POLICIAL RODOVIÁRIO / CESPE / 2004)

7. No contexto, a alusão a “livro de autoajuda” (l.4) configura valorização e respeito científico a esse tipo de publicação.



(PRF / POLICIAL RODOVIÁRIO / CESPE / 2004)

8. A direção argumentativa do texto defende a ideia de que o indivíduo tem chance de ser mais feliz quando persegue e alcança o sucesso, já que supera seus limites e os dos outros.

(PRF / POLICIAL RODOVIÁRIO / CESPE / 2004)





Em relação a aspectos gramaticais e às ideias do parágrafo contido na janela do Word 2000 mostrada na figura acima, julgue os itens subseqüentes.

39. A expressão “principalmente jovens” (l.2-3) está entre vírgulas por tratar-se de termo intercalado para especificar a informação anterior.



(PRF / POLICIAL RODOVIÁRIO / CESPE / 2004)

40. O emprego de aspas indica que, nos trechos em que elas ocorrem, os pensamentos do antropólogo foram parafraseados.

(PRF / POLICIAL RODOVIÁRIO / CESPE / 2004)

41. Infere-se do texto que, anteriormente, existiam limites que o senso comum e a ética social estabeleciam à violência — como é o caso de “não agredir idosos” (l.7-8) —, os quais estão sendo rompidos.

(PRF / POLICIAL RODOVIÁRIO / CESPE / 2004)

42. As formas pronominais enclíticas “-los” (l.9) e “-la” (l.14) referem-se, respectivamente, à segunda ocorrência de ‘idosos’ (l.8) e a ‘senhora idosa’ (l.12).



GABARITO

5 C

6 C

7 E

8 E

39 C

40 E

41 C

42 C

Baixar 316.22 Kb.

Compartilhe com seus amigos:




©psicod.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
ensino fundamental
Processo seletivo
ensino médio
Conselho nacional
minas gerais
terapia intensiva
oficial prefeitura
Curriculum vitae
Boletim oficial
seletivo simplificado
Concurso público
Universidade estadual
educaçÃo infantil
saúde mental
direitos humanos
Centro universitário
Poder judiciário
educaçÃo física
saúde conselho
santa maria
assistência social
Excelentíssimo senhor
Atividade estruturada
Conselho regional
ensino aprendizagem
ciências humanas
secretaria municipal
outras providências
políticas públicas
catarina prefeitura
recursos humanos
Conselho municipal
Dispõe sobre
ResoluçÃo consepe
Colégio estadual
psicologia programa
consentimento livre
ministério público
público federal
extensão universitária
língua portuguesa