Pontifícia universidade católica de minas gerais unidade são gabriel



Baixar 9.19 Kb.
Encontro10.03.2018
Tamanho9.19 Kb.

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS

UNIDADE SÃO GABRIEL

INSTITUTO DE PSICOLOGIA


O PAPEL DO ANALISTA DO COMPORTAMENTO NO AUXÍLIO A AUTISTAS NA AQUISIÇÃO DE REPERTÓRIOS EM AMBIENTE NATURAL

Elaine Cristina Aguiar Fernandes1


Maria Cristiana Seixas Villani2

RESUMO

O autismo é um transtorno que apresenta perturbações em três principais domínios: interações sociais, comunicação e imaginação. Essa é uma condição que será observada durante a vida do indivíduo. O objetivo do presente estudo foi de explorar como se dá a intervenção junto ao sujeito autista, sendo esta realizada pelo analista do comportamento. Além disso, esse trabalho tem como principal meta observar e constatar como o analista do comportamento intervém no autista, em seu ambiente natural, no caso, a residência do sujeito, para que ele adquira novos comportamentos socialmente adequados. O primeiro capítulo evidencia um dado relevante: cada vez mais o diagnóstico do autismo é realizado prematuramente, ou seja, até os 03 (três) anos de idade, o que é extremamente favorável, pois quanto mais cedo se obtém essa confirmação, mais precocemente serão aplicadas as estratégias de intervenção nesse sujeito, o que trará como agradável consequência uma maior capacidade de obtenção de novos comportamentos no repertório do indivíduo autista, devido à sua plasticidade neuronal. Apesar desse ponto positivo, o diagnóstico do autismo ainda é considerado difícil de ser realizado, fato este provavelmente relacionado ao número mínimo de profissionais que atuam nessa área. No capítulo II, foram levantadas amplas considerações acerca da teoria analítica comportamental e da análise do comportamento aplicada (ABA), conhecimentos estes indispensáveis para que o analista do comportamento não somente tenha a capacidade de realizar um diagnóstico de autismo com êxito, mas consiga elaborar estratégias plausíveis para uma intervenção nos comportamentos inadequados do autista e no estabelecimento de novos repertórios. Apesar da pesquisa utilizar a metodologia de levantamento bibliográfico, o terceiro capítulo evidenciou quais os passos deveriam ser realizados pelo analista do comportamento para que o trabalho gerasse os resultados esperados. Foi constatado que, inicialmente, esse profissional deve utilizar-se das informações fornecidas pela família do indivíduo autista, já que, somente a partir dessa coleta, seria possível perceber os comportamentos que são em maior escala reproduzidos pelo autista, bem como examinar quais os comportamentos ainda não fazem parte do repertório do indivíduo que vivenciará o processo de intervenção. Enfim, observa-se que é possível a aquisição de repertórios por autistas.


Área do Conhecimento: Ciências Humanas. Psicologia. Autismo. Aquisição de repertórios.
Palavras-chave: Autismo. Análise do comportamento aplicada. Analista do comportamento. Família.


1 Aluna do curso de Psicologia da PUC Minas - Unidade São Gabriel. Resumo da Monografia apresentada no 2º semestre de 2009, como requisito parcial para conclusão de curso. Contato: cris_elaine_af@hotmail.com


2 Professora do Curso de Psicologia da PUC Minas - Unidade São Gabriel e orientadora desta monografia.


Baixar 9.19 Kb.

Compartilhe com seus amigos:




©psicod.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
ensino fundamental
Processo seletivo
ensino médio
Conselho nacional
minas gerais
terapia intensiva
oficial prefeitura
Curriculum vitae
Boletim oficial
seletivo simplificado
Concurso público
Universidade estadual
educaçÃo infantil
saúde mental
direitos humanos
Centro universitário
Poder judiciário
educaçÃo física
saúde conselho
santa maria
assistência social
Excelentíssimo senhor
Atividade estruturada
Conselho regional
ensino aprendizagem
ciências humanas
secretaria municipal
outras providências
políticas públicas
catarina prefeitura
recursos humanos
Conselho municipal
Dispõe sobre
ResoluçÃo consepe
Colégio estadual
psicologia programa
consentimento livre
ministério público
público federal
extensão universitária
língua portuguesa