Poder Legislativo de Santa Cruz do Sul



Baixar 139,44 Kb.
Encontro01.11.2019
Tamanho139,44 Kb.



Poder Legislativo de Santa Cruz do Sul

Câmara Municipal de Vereadores






PROJETO DE DECRETO LEGISLATIVO Nº 04/2016, DE 21 DE MARÇO DE 2016
Concede o Título de Cidadão Honorário de Santa Cruz do Sul ao Sr. Divaldo Pereira Franco.

Art. 1° Fica oficializado o Título de Cidadão Honorário de Santa Cruz do Sul ao Sr. Divaldo Pereira Franco.
Art. 2° Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.

Santa Cruz do Sul, 21 de março de 2016.



HILDO NEY CASPARY

Vereador PP


EDMAR HERMANY

Vereador PP

NASÁRIO E. BOHNEN

Vereador PP

SOLANGE FINGER

Vereadora SD










ANDRÉ F. SCHEIBLER

Vereador SD

ELO ARI SCHNEIDERS

Vereador SD

ILÁRIO KELLER

Vereador SD










GERSON L. TREVISAN

Vereador PSDB

ALBERTO J. HECK

Vereador PT

ARI THESSING

Vereador PT










PAULO H. LERSCH

REJANE M. N. F. HENN

WILSON L. RABUSKE

Vereador PT

Vereadora PT

Vereador PT










LUIS C. F. RUAS

Vereador PTB

FRANCISCO C. SMIDT

Vereador PTB

ELSTOR R. DESSBESSELL

Vereador PTB

JUSTIFICATIVA

Senhor Presidente;

Senhores Vereadores:

Estamos ingressando, nesta Casa Legislativa, com o Projeto de Decreto Legislativo nº 04/2016, de 21 de março de 2016, pelo qual propomos a concessão do Título de Cidadão Honorário de Santa Cruz do Sul ao Sr. Divaldo Pereira Franco.


Divaldo Pereira Franco é um verdadeiro apóstolo do Espiritismo. Dos seus 88 (oitenta e oito anos), 78 (sessenta e oito) foram devotados à causa Espírita e às crianças excluídas. É reconhecido como um dos maiores médiuns e oradores Espíritas da atualidade e o maior divulgador da Doutrina Espírita por todo o Mundo.
Divaldo esteve conosco, na cidade de Santa Cruz do Sul, pela primeira vez, no ano de 1986 e, assim, neste ano, completamos 30 (trinta) anos de gozo da convivência assídua desta grandiosa figura entre nós, fato este que nos honra demais.
Desde sua primeira passagem por nossa Cidade, Divaldo tem nos visitado com frequência incomum para alguém que, como ele, é um expoente do espiritismo e possui compromissos no mundo todo.
A assiduidade desta grande pessoa em nossa humilde Santa Cruz do Sul se deve ao carinho e à amizade que ele nutriu, desde a primeira vez, por nossa Comunidade, pelas pessoas ordeiras e trabalhadoras que a compõem, como ele próprio já referiu em outras oportunidades.
Sempre que ele vem à nossa cidade, esta respira uma atmosfera de paz que o caracteriza, como o embaixador da paz no mundo, razão pela qual é merecedor o Título de Cidadão de Santa Cruz do Sul a ele conferido, como forma singela de agradecimento por tudo que ele, mesmo sem saber, traz em benefício de nossa Comunidade.
Mesmo o nosso homenageado sendo uma pessoa humilde, o seu currículo não nos deixa mentir ao revelar um exímio e devotado educador.
Orador com mais de 14.000 conferências, em mais de 2 .000 cidades em todo o Brasil e em 68 países dos cinco continentes, tendo concedido mais de 2.000 entrevistas para rádio e TV, no Brasil e no Exterior.
Divaldo recebeu mais de 600 homenagens, de instituições culturais, sociais, religiosas, políticas e governamentais, destacando-se entre estas: Doctor Honoris Causa em Humanidades pela Universidade de Montreal, Canadá; Doctor

Honoris Causa pela Universidade Federal da Bahia, Brasil; Doutor em Parapsicologia pela Cyberan University, Illinois, EUA; Diploma de Ordem do Mérito Militar, Distinção Federal, Brasil; Comenda da Paz Chico Xavier, pelo Governo de Minas Gerais, Brasil; Medalha de Reconhecimento Franco­ Americana, Classe Especial, Instituto Humaniste, França; Medalha da Câmara Municipal de Leiria, Portugal; Medalha do Município de Lobito, Angola; mais de 80 títulos de cidadania honorária conferidos por Estados e Municípios do Brasil; 590 homenagens de entidades da sociedade civil organizada (148 de 64 cidades do Exterior, de 20 países, e 442 do Brasil, de 139 cidades); "Embaixador da Paz no Mundo", título concedido a ele e a Nilson de Souza Pereira pela Embaixada Universal pela Paz, em Genebra , na Suíça, em 30 de dezembro de 2005 .


Como médium, publicou mais de 255 livros, com mais de oito milhões de exemplares, onde se apresentam 211 títulos com autores espirituais, muitos deles ocupando lugar de destaque na literatura, no pensamento e na religiosidade universais. Dessas obras, houve versões para 18 idiomas (alemão, albanês, catalão, dinamarquês, espanhol, esperanto, francês, holandês, húngaro, inglês, italiano, norueguês, polonês, tcheco, turco, russo, sueco, finlandês e sistema Braille).
Como filantropo, com o objetivo de melhor atender a comunidade necessitada, fundou o Centro Espírita Caminho da Redenção e, posteriormente, a Mansão do Caminho.
Divaldo nasceu em 5 de maio de 1927, na cidade de Feira de Santana, Bahia e, desde a infância, se comunica com os Espíritos. Cursou a Escola Normal Rural de Feira de Santana, recebendo o diploma de professor primário, em 1943. Transferiu residência para Salvador no ano de 1945, tendo feito concurso para o Instituto de Previdência e Assistência dos Servidores do Estado (IPASE), onde ingressou em 5 de Dezembro de 1945, como escriturário, tendo se aposentado nesta função em 1980.
Em 7 de Setembro de 1947, com apenas 20 (vinte) anos de idade e ainda exercendo sua função de escriturário, fundou junto com Nilson de Souza Pereira o Centro Espírita Caminho da Redenção .
Em 15 de Agosto de 1952, funda a Mansão do Caminho, com o objetivo de dar um lar e educação cristã às crianças desamparadas de Salvador, juntamente com seu fiel amigo Nilson.
Aos poucos, e com muito trabalho, as edificações foram sendo erguidas, nas quais residiam, em média, 110 crianças, de ambos os sexos. Concomitantemente, foram criadas escolas de primeiro grau, ambulatório médico e atendimento a famílias necessitadas.
Começava a nascer, então, o que viria a ser uma dupla experiência: os lares-famílias, reprogramando o ambiente familiar com sábias orientações cristãs

e espíritas, envolvidas pela ternura fraternal dos tios e das tias sempre sob a orientação de Divaldo Franco e de Tio Nilson.


Assim, sob as luzes e as bênçãos da nobre Mentora Espiritual de Divaldo, Joanna de Ângelis, esses lares floresceram contribuindo com o aprimoramento intelectual, moral e espiritual de milhares de crianças que receberam desta cidade de amor a oportunidade ímpar de uma existência digna e feliz.
Hoje, a Mansão do Caminho transformou-se nesse imenso complexo doutrinário, educacional e assistencial, mas o Centro Espírita Caminho da Redenção nunca deixou de ter o seu papel central, continuando a ser o cerne dessa árvore grandiosa.
A Mansão do Caminho seria o nome de fantasia do Centro Espírita Caminho da Redenção, representando não só o Centro, propriamente dito, mas toda sua obra, que é composta pela Escola de Primeiro Grau Jesus Cristo, que atende 1012 alunos, e possui convênio estadual; Escola de Educação Infantil Alvorada Nova, com 150 alunos; Escola Allan Kardec, com 374 alunos, mediante convênio municipal; Escola Jardim de Infância Esperança; Creche "A Manjedoura", que atende cerca de 150 bebês; Cursos de Informática e Manutenção de Computadores; Centro de Artes e Educação Integral, que atende adolescentes de 12 a 16 anos; Centro de Parto Normal Marieta de Souza Pereira, que tem capacidade de 120 a 150 partos/mês; Policlínica José Carneiro de Campos, que cuida do atendimento ambulatorial dos assistidos; Laboratório de José Bezerra de Menezes; Enxovais Mei Mei; Caravana Auta de Souza, que é voltado para o atendimento de idosos e pessoas inválidas portadoras de doenças irrecuperáveis e degenerativas; Grupo Lygia Banhos, cuja equipe, incansavelmente, ajuda diversos segmentos carentes da comunidade através de visitas domiciliares, distribuição de cestas básicas, etc; Gráfica Alvorada; e Livraria Espírita Alvorada Editora.
Por isso, nada mais justo do que a comunidade de Santa Cruz do Sul, por intermédio do Poder Legislativo, reconhecer a importância dos trabalhos realizados pelo Sr. Divaldo Pereira Franco, seja em prol dos carentes de alimentos ou de luz, concedendo-lhe o Título de Cidadão Honorário de Santa Cruz do Sul.
Solicitamos, portanto, que os nobres edis deste colendo Poder Legislativo aprovem o presente Projeto de Decreto Legislativo.

Santa Cruz do Sul, 21 de março de 2016.




HILDO NEY CASPARY

Vereador PP


Compartilhe com seus amigos:


©psicod.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
santa catarina
Prefeitura municipal
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
Processo seletivo
ensino fundamental
Conselho nacional
terapia intensiva
ensino médio
oficial prefeitura
Curriculum vitae
minas gerais
Boletim oficial
educaçÃo infantil
Concurso público
seletivo simplificado
saúde mental
Universidade estadual
direitos humanos
Centro universitário
Poder judiciário
saúde conselho
educaçÃo física
santa maria
Excelentíssimo senhor
assistência social
Conselho regional
Atividade estruturada
ciências humanas
políticas públicas
catarina prefeitura
ensino aprendizagem
outras providências
recursos humanos
Dispõe sobre
secretaria municipal
psicologia programa
Conselho municipal
Colégio estadual
consentimento livre
Corte interamericana
Relatório técnico
público federal
Serviço público
língua portuguesa