Poder judiciário justiça federal goiáS


JORNAL – CORREIO BRAZILIENSE – 01.10.2012 – PÁG.10



Baixar 2,86 Mb.
Página11/12
Encontro05.12.2019
Tamanho2,86 Mb.
1   ...   4   5   6   7   8   9   10   11   12
JORNAL – CORREIO BRAZILIENSE – 01.10.2012 – PÁG.10
Abismo digital
É lugar-comum afirmar que as crianças de hoje nascem digitais. Mesmo as analfabetas, incapazes de ler um manual de instrução, conseguem desvendar os mistérios de jogos sofisticados. Os adultos, a grande maioria analógica, têm dificuldade de entrar no admirável mundo novo. Muitos vencem as barreiras e se aventuram no universo tecnológico. Outros desistem antes de começar.
O fato, aparentemente insignificante, ganha contornos sérios na sala de aula. A pesquisa Gerações interativas Brasil — crianças e jovens diante das telas, levada avante pela Fundação Telefônica, chama a atenção para ponto importante. Trata-se do abismo que separa professores e alunos. Nada menos de 75% dos adolescentes navegam na internet. Em outras palavras: três em cada quatro estudantes estão conectados.

Os mestres, porém, não acompanham o ritmo. Pelo menos 40% ignoram as vantagens da tecnologia no dia a dia escolar. Quase metade dos profissionais da educação estão à margem dos avanços da tecnologia. Em lugar dos recursos modernos, aptos a motivar e seduzir rapazes e moças do século 21, quadro, giz e livros didáticos defasados mantêm-se na preferência docente e, em consequência, são impostos a rapazes e moças que, há muito, saltaram para outro patamar.

É lamentável. Mais: é desperdício de talentos. Impõe-se qualificar os professores para fazer frente à nova realidade. É natural que haja resistências. Sobretudo as pessoas mais velhas têm dificuldade de substituir o conhecido, testado e aprovado pelo novo, desafiante e ameaçador. Nem todas se disporão a trilhar rumos diferentes. Mas a maioria deverá ser estimulada a seguir adiante.

Cursos, horário de estudos e gratificação por avanços constituem motivações às quais as autoridades têm de recorrer. No recrutamento e seleção de novos profissionais, domínio da tecnologia digital deve ser uma das exigências — ao lado das disciplinas tradicionais. Assim, a renovação de quadros implicará necessariamente mudança de mentalidade. E, claro, maior familiaridade com a internet.

A educação constitui o maior entrave ao crescimento do Brasil. Nenhuma nação, vale lembrar, é maior que seus recursos humanos. Produtividade, criatividade, inovação decorrem de sólido preparo nos bancos escolares. Sem dispor de elite intelectual, o país se condena não só ao atraso, mas também à eterna dependência dos que saíram na frente no polimento intelectual da população. Dispor de professores aptos a tomar a frente do processo é passo indispensável para reduzir o abismo que separa os que sabem dos que não sabem.




Compartilhe com seus amigos:
1   ...   4   5   6   7   8   9   10   11   12


©psicod.org 2019
enviar mensagem

    Página principal