Poder judiciário justiça federal goiáS



Baixar 2,86 Mb.
Página1/12
Encontro05.12.2019
Tamanho2,86 Mb.
  1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   12


PODER JUDICIÁRIO

JUSTIÇA FEDERAL - GOIÁS





CLIPPING





DATA

01.10.2012















BIBLIOTECA





PÁGINA Nº

de 24






















RESPONSÁVEL

Leonardo Lorena






SUMÁRIO


  • JUROS ABUSIVOS – O Popular

  • SUPREMO COMEÇA A JULGAR CÚPULA DO PT ESTA SEMANA – O Popular

  • RETIRADA DE PROTESTO DEVE SER FEITA POR DEVEDOR – Valor Econômico

  • DESTAQUES – Valor Econômico

  • STJ REVESTE PARCIALMENTE SUSPENSÃO E À RANSOCEAN – Valor Econômico

  • TRIBUNAL LIVRA CLIENTE DE LOCADORA DE PAGAR IPVA – Valor Econômico

  • ABSTENÇÃO DE VOTO EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL – Valor Econômico

  • LEI QUE PROTEGE JUÍZES FERE PRINCIPIOS CONTITUCIONAIS – Correio Brazliense

  • DOIS BRASIS – Correio Brazliense

  • CONCILIAÇÃO, UMA ESCOLHA POSSÍVEL E NECESSÁRIA – Correio Brazliense

  • O JUIZ NATURAL E OS DIREITOS HUMANOS – Correio Brazliense

  • COMENTÁRIOS AO CÓDIGO CIVIL DE 2002 – Correio Brazliense

  • TEIXEIRA DE FREITAS: UM FENÔMENO (XI) – Correio Brazliense

  • EVASÃO E REPETÊNCIA CUSTAM R$ 4,8 BILHÕES – Correio Brazliense

  • ABISMO DIGITAL – Correio Braziliense

  • ESCOLARIDADE CRESCE EM RITMO MAIS FORTE NO DF – Correio Braziliense


JORNAL – O POPULAR – 01.10.2012 – PÁG.06
Editorial

01/10/2012


Juros abusivos
O Banco Central planeja medida que já era necessária há muitos anos: tornar obrigatória a transparência a respeito de todos os juros e taxas embutidos no custo final das mercadorias, ou seja, dar visibilidade aos juros e tributos que ninguém vê.
Há juros abusivos incidindo sobre compras a prestação ou no cartão de crédito. Em certos casos, abusivos e também absurdos, pois é comum as lojas embutirem nas compras à vista os juros dos parcelamentos que dizem deixar de cobrar.
Não obstante o Código de Defesa do Consumidor esteja vigorando há 22 anos, os consumidores brasileiros continuam, na maioria, muito tolerantes e são poucos os que reagem a abusos e vão se queixar aos Procons. É preciso estimular a iniciativa das reclamações.
Muitos consumidores não ficam atentos quando vão comprar e isto os torna alvo fácil de tapeação. Deveriam ser desenvolvidas campanhas de conscientização para alertá-los sobre a possibilidade de que sejam ludibriados, o que também ocorre com frequência em relação à cobrança de juros. Consumidores conscientes obrigariam as lojas a mudar de atitude.
Já está em estudos no Senado a proposta de novo Código de Defesa do Consumidor e deve constar nela a imposição da transparência. Também deve ser incluído um dispositivo para impedir a propaganda enganosa,

Ainda hoje freqüente, iludindo os consumidores.






Compartilhe com seus amigos:
  1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   12


©psicod.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
santa catarina
Prefeitura municipal
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
Processo seletivo
ensino fundamental
Conselho nacional
terapia intensiva
ensino médio
oficial prefeitura
Curriculum vitae
minas gerais
Boletim oficial
educaçÃo infantil
Concurso público
seletivo simplificado
saúde mental
Universidade estadual
direitos humanos
Centro universitário
Poder judiciário
saúde conselho
educaçÃo física
santa maria
Excelentíssimo senhor
assistência social
Conselho regional
Atividade estruturada
ciências humanas
políticas públicas
catarina prefeitura
ensino aprendizagem
outras providências
recursos humanos
Dispõe sobre
secretaria municipal
psicologia programa
Conselho municipal
Colégio estadual
consentimento livre
Corte interamericana
Relatório técnico
público federal
Serviço público
língua portuguesa