Poder judiciário justiça federal goiáS


JORNAL – O POPULAR – 29.06.2012 – PÁG.14



Baixar 0,61 Mb.
Página4/13
Encontro28.11.2019
Tamanho0,61 Mb.
1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   13
JORNAL – O POPULAR – 29.06.2012 – PÁG.14
Corregedora defende divulgação de salários
A corregedora do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), ministra Eliana Calmon, defendeu ontem que o Poder Judiciário siga o exemplo do Executivo e publique imediatamente os salários dos seus servidores, inclusive dos altos dirigentes, magistrados e ministros. Líder de uma campanha nacional pela transparência e moralização da Justiça, ela disse que a divulgação deverá ocorrer em todas as instâncias e alcançando não apenas o salário principal dos magistrados, mas também “os muitos penduricalhos”.
“A Justiça deve fazer o mesmo (que o Executivo) de forma imediata”, afirmou a ministra. Ela disse que recebeu ordem expressa do presidente do CNJ e do Supremo Tribunal Federal (STF), Ayres Brito, para operacionalizar o quanto antes a medida. “Ele está absolutamente seguro e não abre exceção”.
Eliana disse ter recebido apelos de diversos magistrados e servidores contrários à divulgação e que, por isso, “quase como advogada do diabo”, levou as ponderações a Ayres Britto, que foi muito claro. “O ministro está absolutamente convicto de que tem de ser assim”, garantiu. Alguns magistrados, segundo ela, alegaram razão de segurança, mas ela disse que a resposta do presidente foi taxativa: “Essa não é uma questão de segurança, a divulgação é um dever do Judiciário”.
Ela lembrou que a ministra Carmen Lúcia, do STF, antecipou-se e já divulgou seu contracheque. “E nós (os demais magistrados) estamos fazendo exatamente o mesmo. Cabe à corregedoria então cumprir as ordens da presidência”. Ela deu a declaração em entrevista na qual fez um balanço de suas principais realizações à frente da Corregedoria, cujo mandato termina em setembro. Ela será substituída pelo ministro Francisco Falcão, do STJ.



Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   13


©psicod.org 2019
enviar mensagem

    Página principal