Plano de trabalho 2018 Identificação do objeto a ser executado


Etapas ou fases de execução



Baixar 90,32 Kb.
Página4/5
Encontro21.06.2019
Tamanho90,32 Kb.
1   2   3   4   5
Etapas ou fases de execução:

Etapa 1: Assinatura do Termo de Convênio

Etapa 2: Conclusão do processo de seleção de fonoaudiólogo ( iniciado em outubro/2017) e continuidade dos atendimentos nas áreas de fisioterapia e neurologia adulto e neurologia infantil .

Etapa 3: Inicio dos atendimentos de fonoaudiologia .

Abaixo descrevemos detalhadamente as atividades que serão realizadas nas 3 etapas de execução deste Plano de Trabalho.

Os serviços de saúde da APAE de Francisco são ofertados no Núcleo de Estimulação à Primeira Infância - NEPI, Prevenção de Deficiências, Triagem e Diagnóstico (incluindo psicodiagnóstico) e Atendimentos de Reabilitação (nas áreas de fisioterapia, fonoaudiologia, terapia ocupacional e musicoterapia), sendo que este atende especificamente os usuários matriculados na APAE, além do atendimento médico nas especialidades de neurologia infantil e adulto. Estes incluem avaliação neurológica e seguimento médico.

São ofertados atendimentos fisioterapêuticos com objetivo de promover a reabilitação e a estimulação neurológica e a qualidade de vida de crianças, adolescentes e adultos que apresentem disfunções motoras e atraso no desenvolvimento neuropsicomotor. Estes são semanais e os procedimentos são específicos da reabilitação neurológica. Em 2018 serão realizados 104 atendimentos mensais, dos quais 20 são avaliações/reavaliações agendadas previamente e com a participação dos pais , onde recebem orientações pertinentes ao desenvolvimento e quadro da criança.

Os atendimentos nas áreas de psicologia, serviço social, musicoterapia, terapia ocupacional e serviço social são realizados com periodicidade definidas, pela equipe, após avaliações e estudo de casos.



Grupos de prevenção de deficiências

Os Grupos de Prevenção tem por objetivo realizar a prevenção de deficiências, através de orientações para estimulação do DNPM (desenvolvimento neuropsicomotor), de crianças recém-nascidas dentro do grupo de risco para o desenvolvimento de deficiências.

É considerado grupo de risco: crianças prematuras, mulheres com histórico de hipertensão gestacional, diabetes ou qualquer outra alteração/complicação gestacional, crianças nascidas pós-termo (42 semanas de gestação), com histórico de complicações durante o parto ou crianças que já apresentem atraso no desenvolvimento, ainda não diagnosticado a causa.

Estão matriculadas atualmente 19 crianças, sendo este um número rotativo, podendo ser aumentado, conforme a demanda das avaliações da triagem.

Os grupos acontecem mensalmente sendo: Grupo 1, crianças na faixa etária de 0 – 1 ano, e o Grupo 2, na faixa etária de crianças de 1 à 2 anos.

Em 2018 esses grupos serão acompanhados pela equipe interdisciplinar, composta por fisioterapeuta, fonoaudióloga, psicóloga, musicoterapeuta, terapeuta ocupacional e pedagogia, conforme uma escala rotativa, abrangendo assim orientações mais específicas de cada área, como DNPM (desenvolvimento neuropsicomotor), AVD’s ( atividade de vida diária), fala e linguagem, a importância do brincar, comportamento e cognição.

A fisioterapeuta também realiza o acompanhamento individualmente das mesmas crianças, para reavaliações contínuas e acompanhamento do desenvolvimento, e realiza orientações específicas da fase do desenvolvimento motor que a criança se encontra.

Processo de Triagem e Avaliação

O serviço de Triagem, Avaliação e Diagnóstico tem como meta atender , em 2018, 285 pessoas de Francisco Morato, sendo estas a partir de encaminhamentos da rede intersetorial local e também de demanda espontânea.

A procura para os atendimentos de reabilitação acontece por demanda espontânea, encaminhados pelo Hospital Estadual Professor Carlos da Silva Lacaz, e pela rede de serviços do município.

Inicialmente é agendada triagem com o serviço social e avaliação e da dinâmica familiar. Nesta mesma data são agendadas as avaliações com os terapeutas, de acordo com a idade da criança.

A avaliação de psicologia é realizada através do psicodiagnóstico , onde de acordo com a idade da criança/jovem e queixa apresentada é levantada a bateria de testes possíveis para conclusão do caso.

Atualmente o psicodiagnóstico é realizado com os testes padronizados e aprovados pelo Conselho Regional de Psicologia (CRP), dentre eles: Escala de Maturidade Columbia, Figuras de Rey, Teste visomotor Bender, teste de desempenho escolar, Escala de inteligência Wechsler para crianças III e IV (WISC) e Escala de inteligência WAIS para adultos. Instrumentos esses necessários para conclusão de diagnóstico de deficiência intelectual e dificuldade de aprendizagem. Neste plano de trabalho estamos provendo recursos para a aquisição das do protocolo de procurar símbolos – Wais, protocolo de registro geral e de respostas – Wisc , caderno de aplicação TDE e Columbia respostas. Prevemos que em, 2018, serão realizados 70 psicodiagnósticos.

Posteriormente após fechamento do diagnóstico da deficiência intelectual é agendado com neuropediatra da organização.

Após todas as avaliações concluídas é realizado estudo de caso com a equipe para fechamento do caso.







  1. Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4   5


©psicod.org 2019
enviar mensagem

    Página principal