Pesquisa na busca avançada e no modo Edição do phl8 ª Versão 2/8/2005 Ilário Zandonade Introdução



Baixar 127,22 Kb.
Página3/5
Encontro16.01.2020
Tamanho127,22 Kb.
1   2   3   4   5
6.7 Pesquisa por assunto - A pesquisa por assunto depende do modo como foram digitadas as palavras chaves ou descritores. No manual Instruções para catalogar e digitar no PHL7 há orientações para criar descritores. O Phl possibilita pesquisar palavra por palavra, por campo (7) e pelo literal des=. (descritores). Exemplos:

psicologia*criança historia*brasil*colonial -> em todos os campos

des=psicologia - criança des=psicologia$ -> nos campos de assuntos.

psicologia/(7)*criança/(7) -> nos campos de /*assuntos*/ do item 5.

7. Campos indexados na base usuários
O índice dos usuários (acv_usr.fst) foi programado deste modo:

Tag

Técnica




1

0

mhu,'MFN='mfn(1)/,"USR="v701/,"PWD="v702/,"VAL="v704/,"COD="v723^*/,

(|CUR=|v713/),"D="v999[LAST]^d*6.2/,"M="v999[LAST]^d*4.2/,

"A="v999[LAST]^d*0.4/,"DTR="v999[1]^d/,"BIB="v999[1]^b/,

"ANO="v999[1]^d.4/,"MES="v999[1]^d*4.2/,"DIA="v999[1]^d*6.2/,



2

0

mhu,v701,v702/,if v703='1' then 'USR=SUSPENSO' else

'USR=ATIVO' fi,/,(v706/),(v707/),



3

4

mhu,(v705|%|/),(v725|%|/),

Os operadores da biblioteca utilizam o campo v705, nome do aluno, que é pesquisado por palavras e o campo v701, matrícula do usuário, que deve ser pesquisado com o literal e seu número: usr=matrícula do usuário. Exemplos:

Nome: 705: Maria Clara Silva -> digitar: Maria*clara*silva

Matrícula 701: 95008 -> digitar: usr=95008

Mfn -> mfn=004532
Observações:
Um cuidado especial deve se ter na identificação dos tipos de usuários: aluno, professor, etc. e a configuração de prazos e quantidade.

A base de usuários pode ser mantida constante para possibilitar as pesquisas históricas. Neste caso, marcam-se como suspenso os usuários que não estão mais na instituição e inscrevem-se os novos, solicitando os dados na secretaria.

Deve haver integração dos diversos setores da instituição para que o usuário não saia da escola sem o nada consta da biblioteca.

Outro modo é zerar a base de usuários todos os anos e importar da secretaria os dados dos alunos matriculados e do setor de pessoal as informações dos professores e funcionários. Neste caso, perdem-se todas as estatísticas dos anos anteriores.

O número de matrícula dos usuários da biblioteca deveria ser o mesmo da carteirinha da instituição. O uso de código de barra na carteirinha dos usuários agiliza o atendimento e evitam-se muitos erros de digitação. O Phl possibilita editar carteirinhas com código de barra, caso a instituição ainda não o tenha institucionalizado.




Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4   5


©psicod.org 2019
enviar mensagem

    Página principal