PerceçÕes e representaçÕes de professores sobre as causas da indisciplina: um estudo com professores do ensino básico



Baixar 88,97 Kb.
Página1/7
Encontro11.08.2018
Tamanho88,97 Kb.
  1   2   3   4   5   6   7

Marília Favinha

Universidade de Évora

Departamento de Pedagogia e Educação/CIEP

mfavinha@uevora.pt


Maria de Lurdes Moreira

Universidade de Évora

Departamento de Pedagogia e Educação

mlrm@uevora.pt


PERCEÇÕES E REPRESENTAÇÕES DE PROFESSORES SOBRE AS CAUSAS DA INDISCIPLINA: UM ESTUDO COM PROFESSORES DO ENSINO BÁSICO
Resumo: Este artigo resulta de dois fatores importantes, por um lado, da revisão bibliográfica do que nos últimos anos se tem escrito sobre as causas da indisciplina, e por outro, do estudo que realizámos com professores do Ensino Básico e Secundário, sobre as suas perceções e representações relativas a este fenómeno. Com esse intento recolhemos os testemunhos escritos de 30 professores, de uma escola da periferia norte de Lisboa. Após a análise de conteúdo e a categorização, as conclusões obtidas permitem alcançar o objetivo deste artigo: promover questões que, julgamos, serem evidenciadas pela trajetória desta problemática relativamente a duas linhas de focagem, a sala de aula e a Escola enquanto organização, do ponto de vista dos professores.





Compartilhe com seus amigos:
  1   2   3   4   5   6   7


©psicod.org 2017
enviar mensagem

    Página principal