Olhares da História 2 Brasil e mundo



Baixar 3,11 Mb.
Página630/678
Encontro01.06.2019
Tamanho3,11 Mb.
1   ...   626   627   628   629   630   631   632   633   ...   678
Comentários e respostas

Atividades

Retome

1 a) Apesar de o liberalismo ter se expressado de diferentes maneiras nos diversos países, é possível entender esse conjunto de ideias com base no pensamento de Adam Smith. Para esse teórico, a liberdade de comércio e de produção, o individualismo econômico e a defesa da propriedade privada eram pontos fundamentais a serem defendidos no liberalismo.

b) Todos esses pontos, somados à noção da regulação do livre mercado pela "mão invisível", serviam de apoio à ordem capitalista burguesa que se estabelecia entre o final do século XVIII e o início do XIX, uma vez que os empresários tinham cada vez mais interesse em aumentar a produção e a circulação de mercadorias.

c) Para Adam Smith, o Estado não deveria intervir na economia. Ele deveria somente zelar pela propriedade e pela ordem. O liberalismo procurava repensar a sociedade e a produção em um período imediatamente posterior ao fim do Absolutismo mercantilista. Desse modo, a proteção dos interesses da burguesia e de suas atividades comerciais era imprescindível. Por isso é que, nesse momento, a ideia de diminuir a interferência do Estado nos rumos das atividades econômicas torna-se fortalecida.

2 a) Para os socialistas utópicos, o socialismo seria conquistado por meio de reformas. Segundo alguns pesquisadores, o termo "utópico" passou a ser utilizado de forma pejorativa em referência aos teóricos socialistas do começo do século XIX por outros teóricos, que consideravam os socialistas utópicos "ingênuos". O denominado socialismo científico, cujos princípios foram elaborados por Marx e Engels, baseava-se na ideia da luta de classes como agente transformador da sociedade. Desse modo, para os socialistas científicos, o socialismo seria alcançado com a ação política do operariado, por meio de uma revolução.

b) Proudhon criticava os abusos do capitalismo e, ao mesmo tempo, respeitava a pequena propriedade. Propunha uma sociedade sem classes, formada por seres humanos livres e iguais. As ideias de Proudhon influenciaram Bakunin; para esse teórico, a violência seria a única forma de alcançar uma sociedade livre de desigualdades. Para os anarquistas, o Estado não deveria existir.



3 Segundo diversos pesquisadores, foi a partir da Revolução Francesa que o chamado nacionalismo moderno surgiu, acompanhando o estabelecimento da ordem burguesa. A ideia do nacionalismo se relaciona com o sentimento de pertencer a um grupo (considerando-se vínculos étnicos, linguísticos ou históricos). Esse grupo (ou, no caso, povo) tem o direito de exercer a soberania sobre um território, de maneira autônoma. O fenômeno do nacionalismo teve forte presença nas colônias americanas (espanholas, portuguesa e inglesa) e ali ganhou novo impulso. As ideias do nacionalismo influenciaram o processo de independência das colônias americanas, cujos líderes, de modo geral, pretendiam alcançar a liberdade de comércio, bem como a liberdade política e a soberania.




Compartilhe com seus amigos:
1   ...   626   627   628   629   630   631   632   633   ...   678


©psicod.org 2019
enviar mensagem

    Página principal