Olhares da História 2 Brasil e mundo


Tópicos principais do capítulo



Baixar 3,11 Mb.
Página617/678
Encontro01.06.2019
Tamanho3,11 Mb.
1   ...   613   614   615   616   617   618   619   620   ...   678
Tópicos principais do capítulo

- Abertura: apresenta imagem de evento realizado em 2015 no Memorial da América Latina, sediado em São Paulo que, na ocasião, contava com a presença de imigrantes bolivianos que celebravam os 190 anos de independência de seu país em relação ao domínio espanhol. O tema propõe uma discussão sobre as semelhanças e as diferenças entre os processos de emancipação política realizados nos territórios da América espanhola e do Brasil no século XIX. Destaque que, no caso da América espanhola, ao contrário da América portuguesa, ocorreram guerras para a conquista da independência e, posteriormente, um processo de fragmentação dos territórios. Após o estudo do capítulo, essa abertura deve ser retomada e revista à luz da atividade Articule passado e presente.

- Antes de prosseguir o estudo do capítulo, incentive os alunos a se localizar no tempo e no espaço (seção Onde e quando). Neste capítulo estará em foco: a América hispânica, entre os anos 1770 e 1838.

- Tema central: os processos de independência da América espanhola e a formação dos Estados nacionais latino-americanos



364

em contrapartida ao nosso peculiar processo de independência política em 1822. Pode-se debater a divisão da América espanhola após as independências, contrapondo o republicanismo, instaurado nos países vizinhos, à monarquia, no caso do Brasil.

- Boxe Leituras: o tema das mulheres nas lutas de libertação pode ser relacionado com a luta atual do povo curdo, na região do Oriente Médio, onde a participação das mulheres, nos conflitos contra o governo iraquiano, tem sido destacada. Há vários sites que analisam o assunto. Caso haja interesse, o link a seguir traz uma entrevista com Melike Yasar, uma militante curda envolvida com o Movimento de Mulheres Livres do Curdistão: http://outraspalavras.net/outrasmidias/destaque-outras-midias/a-luta-incomum-das-mulheres-curdas/. Acesso em: 10 maio 2016.

- Cultura juvenil: pode-se refletir sobre o papel das lideranças políticas nas lutas de libertação dos Estados latino-americanos a partir de um debate sobre a figura do "herói" no engajamento político da juventude. O que mobiliza a vontade de participar de uma luta política? É preciso que os líderes políticos sejam vistos como heróis invencíveis para que as pessoas se disponham a segui-lo? Há líderes contemporâneos que agiram no campo político e são vistos como "heróis"? Essas questões podem incentivar o debate, mas se julgar oportuno, a imagem do monumento de Simón Bolívar também oferece uma possibilidade de introduzir o assunto.






Compartilhe com seus amigos:
1   ...   613   614   615   616   617   618   619   620   ...   678


©psicod.org 2019
enviar mensagem

    Página principal