Olhares da História 2 Brasil e mundo


Analise uma fonte primária



Baixar 3,11 Mb.
Página614/678
Encontro01.06.2019
Tamanho3,11 Mb.
1   ...   610   611   612   613   614   615   616   617   ...   678
Analise uma fonte primária

7 a) Espera-se que os alunos percebam que o personagem em destaque tanto na ilustração do cartaz como na obra de Pedro Américo é dom Pedro I. No filme, esse personagem é interpretado pelo ator Tarcísio Meira.

b) Incentive a observação e a comparação das imagens. A maneira de representar dom Pedro I no "evento" da independência do Brasil, na imagem do cartaz, é extremamente parecida com a maneira como dom Pedro I foi representado na obra de Pedro Américo.

c) Tanto o cartaz (e o filme) como a pintura de Pedro Américo podem ser analisados como fontes históricas porque trazem a visão de mundo de quem as produziu e da época em que foram produzidos. Desse modo, é importante que se entenda que uma fonte histórica não se refere exclusivamente a um documento produzido exatamente dentro do período estudado pelo historiador. Fontes produzidas muito tempo depois de determinado evento tornam-se algo interessantíssimo a ser estudado porque mostram as escolhas e a ideologia de quem as produziu e o modo como o evento em questão passou a ser visto (e utilizado) posteriormente. Você pode comentar com os alunos alguns aspectos sobre a época de produção dessas obras para contextualizá-las. A produção da pintura de Pedro Américo, um artista academicista e de influência neoclássica, foi iniciada em 1885 e terminada em 1888, ou seja, ainda nos anos finais do Segundo Reinado. Segundo pesquisadores, ela fazia parte de um contexto em que a criação de uma memória nacional era importante para justificar a existência da monarquia no Brasil. Já o filme, de 1972, foi feito durante o período da ditadura militar no país. Pesquisadores indicam que o filme não pretendia, necessariamente, legitimar o regime instalado. No entanto, ele acabou fazendo esse papel, em parte,

363

ao exaltar a figura de um herói de acordo com a história oficial. Para saber mais sobre esse filme, a recepção que teve à época e a maneira como a independência é tratada nele, leia o artigo "Independência ou Morte!", disponível em: www.revistadehistoria.com.br/secao/cine-historia/independencia-ou-morte. Acesso em: 10 mar. 2016.

As representações de dom Pedro I em pinturas, filmes, etc. foram feitas com uma intenção. No caso, a intenção era perpetuar a data de 7 de setembro e a independência e, assim, constituir a "memória visual da nação" e valorizar a monarquia.

Converse com os alunos sobre alguns filmes com temática histórica que podem ser utilizados para tratar da memória visual de uma nação. Você pode citar, por exemplo: Independence Day (1996), Dança com lobos (1990), ...E o vento levou (1939), Nascido em quatro de julho (1989), Carlota Joaquina, princesa do Brasil (1995), Olga (2004), Os inconfidentes (1972) e, mais recentemente, O regresso (2015). Há muitos outros exemplos que podem ser citados; é importante ficar claro, porém, que não há um "filme correto". Há filmes que não possuem necessariamente uma temática histórica explícita, mas fazem o papel de "memória visual da nação" de forma contundente.






Compartilhe com seus amigos:
1   ...   610   611   612   613   614   615   616   617   ...   678


©psicod.org 2019
enviar mensagem

    Página principal