Olhares da História 2 Brasil e mundo



Baixar 3,11 Mb.
Página589/678
Encontro01.06.2019
Tamanho3,11 Mb.
1   ...   585   586   587   588   589   590   591   592   ...   678
Textos de apoio

Condições sociais no começo do capitalismo

Durante a maior parte dos últimos cento e cinquenta anos o debate sobre como eram as condições sociais no começo do capitalismo inglês foi bastante parcial. A maioria do povo inglês na primeira metade do século XIX estava convencida de que a chegada do capitalismo industrial havia trazido para ele privações pavorosas, que ela havia entrado numa era desoladora e cruel. Da mesma forma a maioria dos observadores habilitados e instruídos. Os economistas presumiriam que as condições dos trabalhadores pobres deviam ser bastante miseráveis: grande parte da teoria deles tinha por fim mostrar por que isto era inevitável. (Afinal de contas, considere a notória teoria da população de Robert Malthus, no sentido de que a população devia crescer mais depressa do que os meios de subsistência, de forma que os pobres deviam estar praticamente à beira da subsistência ou da fome. Ninguém aplica esta teoria à Inglaterra hoje, pelo simples motivo que a classe trabalhadora inglesa não está obviamente à beira da fome. Por outro lado essas teorias são aplicadas, mesmo hoje a países como a Índia, onde o grosso da população é desesperadamente pobre. As teorias que explicam, certo ou erradamente, por que a semi-inanição é inevitável só parecem plausíveis, mesmo para aqueles que as elaboram, quando há semi-inanição a ser explicada). Os estatísticos e os investigadores sociais não tiveram dificuldade em mostrar que o poder produtivo e o comércio da Inglaterra estavam aumentando aos saltos; embora alguns dos mais loucamente entusiasmados deles tentassem provar que as condições do povo haviam também melhorado, eles acharam isso muito mais difícil, de qualquer modo, até o meio da década de 1840.

HOBSBAWM, Eric J. Os trabalhadores: estudos sobre a história do operariado.São Paulo: Paz e Terra, 2000. p. 131-132.




Compartilhe com seus amigos:
1   ...   585   586   587   588   589   590   591   592   ...   678


©psicod.org 2019
enviar mensagem

    Página principal