Olhares da História 2 Brasil e mundo


Articule passado e presente



Baixar 0.8 Mb.
Página535/678
Encontro01.06.2019
Tamanho0.8 Mb.
1   ...   531   532   533   534   535   536   537   538   ...   678
Articule passado e presente

8 a) É provável que os alunos apontem que se impressionaram com a existência de uma monarquia que se submete ao poder do Parlamento. Ou, ainda, podem dizer que notaram a força do poder legislativo entre os ingleses, já que o Parlamento consegue manter viva a monarquia em um dos reinos mais antigos e poderosos da História.

b) A imagem da cerimônia de abertura dos trabalhos do Parlamento Britânico, na atualidade, relaciona-se diretamente com a trajetória histórica e política da Inglaterra vista neste capítulo. No longo processo de centralismo monárquico ocorrido naquele país, o poder do monarca foi submetido ao poder do Parlamento.

c) Entre as prerrogativas reais, estão o poder de dissolver o Parlamento (embora isso, na realidade, nunca seja feito), a prerrogativa da misericórdia (concessão de indultos, por exemplo), a emissão de declarações de guerra e paz, o reconhecimento de estados estrangeiros (no caso de criação de um novo país) e a concessão de algumas honrarias (nem todas, pois algumas concessões são totalmente decididas pelo Parlamento). Alguns exemplos do raio de ação da rainha e de sua relação com o Parlamento: o Parlamento tem o poder de elaborar e aprovar leis. Uma nova lei, depois de aprovada, é "recomendada" pelo Parlamento à rainha, que (sempre) aceita essa recomendação. Comente que, atualmente, a rainha Elizabeth II acumula os títulos de chefe de Estado do Reino Unido, chefe da Commonwealth (Comunidade Britânica), chefe das Forças Armadas britânicas e chefe da Igreja da Inglaterra, agindo como figura simbólica nessas organizações. Além disso, é a rainha quem nomeia o primeiro-ministro, que passa a ser o chefe de governo, exercendo todos os poderes que, teoricamente, seriam da rainha. Por tradição, ela nomeia para esse cargo o líder do partido político que possui maioria no parlamento.

9 O gráfico nos informa que a maioria das pessoas entrevistadas apoia a existência da monarquia e do monarca (no caso, a rainha) como chefe de Estado. Aqui, seria importante valorizar as hipóteses dos alunos. Após tomar conhecimento da trajetória histórica e política da Inglaterra no desenrolar da Idade Moderna, compreendendo as particularidades de seu absolutismo, os alunos podem notar que, mesmo com as limitações do poder real, instituídas com a Magna Carta do século XIII e com a Declaração de Direitos de 1688, a monarquia continua sendo bem-vista pela maior parte da população inglesa da atualidade. E esse fato se relaciona com aspectos da História e das tradições. É como se a presença da monarquia fizesse parte da identidade cultural daquele povo, que vê na manutenção de instituições uma maneira de relembrar e refletir sobre sua própria História.



Baixar 0.8 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   531   532   533   534   535   536   537   538   ...   678




©psicod.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
ensino fundamental
ensino médio
Processo seletivo
Conselho nacional
terapia intensiva
oficial prefeitura
minas gerais
Curriculum vitae
Boletim oficial
seletivo simplificado
Concurso público
Universidade estadual
educaçÃo infantil
saúde mental
direitos humanos
Centro universitário
educaçÃo física
Poder judiciário
saúde conselho
santa maria
assistência social
Excelentíssimo senhor
Atividade estruturada
Conselho regional
ensino aprendizagem
ciências humanas
outras providências
secretaria municipal
ResoluçÃo consepe
políticas públicas
Dispõe sobre
catarina prefeitura
recursos humanos
Conselho municipal
Colégio estadual
conselho estadual
ministério público
consentimento livre
psicologia programa
público federal
Serviço público