Olhares da História 2 Brasil e mundo


Boxe complementar: Construindo conceitos



Baixar 0.8 Mb.
Página391/678
Encontro01.06.2019
Tamanho0.8 Mb.
1   ...   387   388   389   390   391   392   393   394   ...   678
261

Boxe complementar:



Construindo conceitos

Colonização, colonialismo, descolonização, pós-colonialismo

A expansão europeia a partir do século XVI produziu relações internacionais marcadas pela violência e pelo desequilíbrio do poder. O domínio técnico superior de artefatos e armamentos de fogo, além da disposição dos Estados centralizados europeus para confrontos, submeteram povos e civilizações na América, na África e na Ásia.

Entre os séculos XVI e XVIII, prevaleceu um tipo de dominação caracterizado pela exploração das riquezas minerais e agrícolas do continente americano, associada ao uso do trabalho compulsório de indígenas e africanos. Esse processo foi denominado colonização, em que os territórios conquistados passavam a ser considerados colônias, isto é, terras ocupadas e anexadas pelos Estados conquistadores (metrópoles).

Em fins do século XVIII e início do XIX, esse modelo de colonização de territórios além-mar entrou em crise devido à expansão do capitalismo europeu e do crescimento dos interesses políticos das elites coloniais. No período, dezenas de guerras e movimentos pela independência eclodiram em toda a América: nas Treze Colônias, em 1776; no Haiti, em 1804; no Paraguai, em 1811; na Argentina, em 1816; no Brasil, em 1822, etc.

Apesar de as novas nações latino-americanas terem conquistado a emancipação política, elas ainda mantiveram relações econômicas desiguais e dependentes de suas antigas metrópoles europeias, ou mesmo da Inglaterra, a grande potência do século XIX.

Ao mesmo tempo, para manter o ritmo da expansão industrial, era preciso buscar novas fontes de matérias-primas e recursos naturais; de preferência, com custos reduzidos. Isso levou as nações mais ricas da Europa a fortalecer o controle econômico sobre a América e a estabelecer novas colônias e zonas de influência nos continentes africano e asiático. Esse processo, iniciado em meados do século XIX, é chamado de neocolonialismo.

A partir de meados do século XX, o processo de descolonização do continente africano começou, graças a dois fenômenos distintos. O primeiro refere-se ao crescimento das manifestações políticas africanas contra a dominação europeia, por meio de diversas formas de ação, que incluíam a formação de guerrilhas, a fundação de partidos políticos e o ativismo intelectual. O segundo fenômeno foi a eclosão da Segunda Guerra Mundial, em 1939, que desestabilizou o controle militar europeu sobre o continente e fortaleceu as lutas pela independência.

Com o fim da Segunda Guerra, em agosto de 1945, muitos países africanos e asiáticos tornaram-se independentes do domínio europeu.

A publicação da obra Orientalismo, em 1978, pelo crítico literário e ativista político de origem palestina Edward Said (1935-2003), foi o ponto de partida para o estabelecimento de uma nova teoria cultural, chamada pós-colonialismo. Nela, Said defende, entre outras questões, que o Ocidente havia construído uma imagem tão poderosa dos países africanos e asiáticos que a própria noção de "Oriente" era uma invenção das potências ocidentais.

LEGENDA: Charge publicada no periódico parisiense Le Petit Journal, em 1898. Da esquerda para a direita: Inglaterra (rainha Vitória), Alemanha (William II), Rússia (Nicolau II), França (Marianne) e Japão (Mutsuhito). Ao fundo, desesperado, o imperador chinês.

FONTE: Reprodução/Coleção particular.

Agora, faça o que se pede:



1. Em grupos de três ou quatro alunos, consultem sites e revistas para selecionar informações e opiniões sobre as relações entre o Brasil e os países do mundo na atualidade:

- O Brasil pode ser considerado uma potência que controla outros países ou é um país controlado por outras potências? De que maneira?





Baixar 0.8 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   387   388   389   390   391   392   393   394   ...   678




©psicod.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
Processo seletivo
ensino fundamental
ensino médio
terapia intensiva
Conselho nacional
minas gerais
oficial prefeitura
Curriculum vitae
Boletim oficial
seletivo simplificado
Concurso público
Universidade estadual
saúde mental
educaçÃo infantil
direitos humanos
Centro universitário
educaçÃo física
Poder judiciário
saúde conselho
santa maria
assistência social
Excelentíssimo senhor
Atividade estruturada
Conselho regional
ensino aprendizagem
ciências humanas
políticas públicas
ResoluçÃo consepe
outras providências
secretaria municipal
catarina prefeitura
recursos humanos
Dispõe sobre
Conselho municipal
Colégio estadual
consentimento livre
psicologia programa
ministério público
conselho estadual
público federal
Serviço público