Olhares da História 2 Brasil e mundo


Carestia e epidemias na Índia colonial inglesa



Baixar 3,11 Mb.
Página390/678
Encontro01.06.2019
Tamanho3,11 Mb.
1   ...   386   387   388   389   390   391   392   393   ...   678
Carestia e epidemias na Índia colonial inglesa

FONTE: Adaptado de: CAMERA, Augusto; FABIETTI, Renato. Elementi di storia XVIII e XIX secolo. Bolonha: Zanichelli, 1997. p. 979.

FONTE: Banco de imagens/Arquivo da editora

Seja como for, é certo que a mecanização inglesa não podia competir com a seda artesanal indiana, de alta qualidade, e sobre ela também recaíram tarifas de importação da Inglaterra. Dessa forma, a indústria têxtil indiana foi levada à falência. O equilíbrio ancestral da vida e da economia foi rompido pela colonização. Nos séculos XVIII e XIX, em razão das imposições inglesas e da consequente desestruturação de sua economia local, a miséria se espalhou pela região, provocando a morte pela fome de cerca de 50 milhões de indianos.

A dominação da Índia pelos ingleses começou a partir de 1608 com uma empresa privada, a Companhia Inglesa das Índias Orientais, que estabeleceu entrepostos comerciais nas principais cidades costeiras e, em seguida, foi ocupando territórios. No final do século XIX, grupos indianos se revoltaram e empreenderam uma guerra contra os ingleses. Foi o Levante Indiano de 1857, conhecido como Guerra dos Sipaios (denominação da milícia nativa que servia aos britânicos), iniciado nas unidades militares contra os oficiais ingleses.

O movimento foi reprimido com extrema violência. Mais tarde, em 1876, o primeiro-ministro britânico Benjamin Disraeli transformou a Índia em parte do Império Britânico. Na ocasião, a rainha Vitória foi coroada com o título de imperatriz da Índia.

No final do século XIX, a Inglaterra controlava, além da Índia, a Birmânia (atual Mianmar) e regiões vizinhas, como o Tibete e o Afeganistão. Avançava também sobre o Pacífico, a Austrália e as ilhas vizinhas, numa cadeia de pontos estratégicos.

Em 1900, os domínios britânicos constituíam o maior império colonial do mundo. Temendo a competição de outras potências imperialistas, o Reino Unido criou a British Commonwealth of Nations (Comunidade Britânica de Nações). Existente até hoje, a Commonwealth, como é conhecida, compõe-se de países que, depois de conquistar a autonomia política, continuaram unidos por interesses comerciais e diplomáticos comuns, como é o caso da Austrália, África do Sul e Canadá.






Compartilhe com seus amigos:
1   ...   386   387   388   389   390   391   392   393   ...   678


©psicod.org 2019
enviar mensagem

    Página principal