O professor de Ciências da Natureza frente ao processo de construção de conceitos (nos domínios filogenéticos e ontogenéticos) em seus alunos durante as interações discursivas



Baixar 194,07 Kb.
Página1/15
Encontro16.09.2018
Tamanho194,07 Kb.
  1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   15

EIXO TEMÁTICO: 7. Linguagens, Discurso e Educação em Ciências e Biologia

MODALIDADE: PÔSTER – PO.04


COGNIÇÃO DISTRIBUÍDA NO SISTEMA DE ATIVIDADE ENSINO-APRENDIZAGEM DE CONCEITOS CIENTÍFICOS: UMA ABORDAGEM HITÓRICO-CULTURAL
Ana Paula Souto Silva Teles, anapaulasoutos@gmail.com

Faculdade de Educação - UFMG



Resumo


Este trabalho visa analisar o processo de ensino-aprendizagem de conceitos da ciência escolar como sistema de atividade, focando principalmente no papel do professor nesse sistema. Como referencial teórico-metodológico, adotou-se a noção de cognição distribuída apoiada em uma abordagem histórico-cultural desenvolvida por Cole e Engeström (1993). As análises sugerem que a cognição esteve distribuída entre: i) artefatos (ex. esquemas, exercícios, livro didático, caderno); ii) regras (ex. participação dos alunos, posicionando-se e justificando esse posicionamento); iii) e papéis (ex. a professora adotou uma postura de mediadora da discussão e de inserção dos alunos na cultura da Ciência escolar). Os resultados têm implicações para a formação de professores de ciências.



Compartilhe com seus amigos:
  1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   15


©psicod.org 2017
enviar mensagem

    Página principal