O homem Espiritual



Baixar 0.89 Mb.
Página7/90
Encontro28.02.2019
Tamanho0.89 Mb.
1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   ...   90

O templo santo e o homem.


O apóstolo Paulo escreve:

«Não sabeis vós que sois santuário de Deus, e que o Espírito de Deus habita em vós? Se alguém destruir o santuário de Deus, Deus o destruirá; porque sagrado é o santuário de Deus, que sois vós.» (1 Co. 3:16, 17).

Paulo recebeu revelação para comparar o homem com o templo. Da maneira que antes Deus vivia no templo, agora o Espírito Santo vive no homem. Comparando com o templo, podemos ver como se manifestam claramente os três elementos do homem.

Sabemos que o templo está dividido em três partes. A primeira é o pátio exterior, que todos podem ver e visitar. Aqui se oferece toda a adoração externa. Mais adiante está o Lugar Santo, no qual só podem entrar os sacerdotes e onde se oferece a Deus azeite, incenso e pão. Estão muito perto de Deus, mas ainda lhes falta porque estão ainda fora do véu e, em conseqüência, não podem estar diante de sua própria presença. Deus reside no mais profundo, no Lugar Santíssimo, onde a escuridão fica eclipsada pela luz brilhante e onde nenhum homem pode entrar. Embora o Sumo Sacerdote o faça uma vez ao ano, isto indica, no entanto, que enquanto o véu não seja esmigalhado não pode haver nenhum homem no Lugar Santíssimo.

O homem também é o templo de Deus e também tem três partes. O corpo é como o pátio exterior, e ocupa uma posição externa com sua vida visível para todos. Aqui o homem deveria obedecer toda ordem de Deus. Aqui o Filho de Deus serve como substituto e morre pela humanidade. Dentro está a alma do homem, que constitui a vida interior do homem e abrange a emoção, a vontade e o pensamento. Assim é o Lugar Santo de uma pessoa regenerada, porque seu amor, vontade e pensamento estão plenamente iluminados para que possam servir a Deus como o fazia o sacerdote na antigüidade. Na parte mais interna, atrás do véu, está o Lugar Santíssimo, no qual não penetrou jamais nenhuma luz humana e que nenhum olho viu. É o «esconderijo do Altíssimo», o lugar onde vive Deus. O homem não tem entrada ali, a menos que Deus esteja disposto a rasgar o véu. É o espírito do homem. O espírito se encontra além da consciência do homem e por cima de sua sensibilidade. Aqui o homem se une e se comunica com Deus.

Não há abajur ou luz alguma no Lugar Santíssimo, porque Deus vive ali. No Lugar Santo há o candelabro de sete braços. E o pátio exterior recebe a luz do dia. Todos estes servem de imagens e sombras para uma pessoa regenerada. Seu espírito é como o Lugar Santíssimo, onde vive Deus, onde tudo se faz por fé, além da visão, sentido ou compreensão do crente. A alma se assemelha ao Lugar Santo, que está abundantemente iluminado com muitos pensamentos e preceitos racionais, muito conhecimento e compreensão sobre as coisas do mundo material e o das idéias. O corpo é comparável ao pátio exterior, claramente visível para todos. Todos podem ver as ações do corpo.

A ordem que Deus nos apresenta é inequívoca: «seu espírito e alma e corpo» (1 Ts. 5:23). Não é «alma e espírito e corpo», nem tampouco é «corpo e alma e espírito». O espírito é a parte preeminente e por isso é mencionado em primeiro lugar. O corpo é a parte mais humilde e em conseqüência é mencionado no final. E a alma está no meio e por isso é mencionada entre as outras duas.

Tendo visto agora a ordem de Deus, podemos apreciar a sabedoria da Bíblia ao comparar o homem com um templo. Podemos reconhecer a perfeita harmonia que existe, entre o templo e o homem quanto à ordem e ao valor.

O serviço do templo funciona segundo a revelação no Lugar Santíssimo. Todas as atividades do Lugar Santo e do pátio exterior estão reguladas pela presença de Deus no Lugar Santíssimo. Este é o setor mais sagrado, o lugar ao qual convergem e se apóiam as quatro esquinas do templo. Pode nos parecer que no Lugar Santíssimo não se faz nada porque está completamente às escuras. Todas as atividades se realizam no Lugar Santo, e inclusive as atividades do pátio exterior são controladas pelos sacerdotes do Lugar Santo. No entanto, todas as atividades do Lugar Santo na realidade são dirigidas pela revelação no absoluto silêncio e paz do Lugar Santíssimo.

Não é difícil perceber a aplicação espiritual disto. A alma, o órgão de nossa personalidade, compõe-se de pensamento, vontade e emoção. É como se a alma fosse o diretor de todas as ações, porque o corpo segue seu direcionamento. Antes da queda do homem, entretanto, apesar de suas muitas atividades, a alma era governada pelo espírito. E esta é a ordem que Deus quer ainda: primeiro o espírito, depois a alma, e finalmente o corpo.




Baixar 0.89 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   ...   90




©psicod.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
ensino fundamental
ensino médio
Processo seletivo
minas gerais
Conselho nacional
terapia intensiva
Curriculum vitae
oficial prefeitura
Boletim oficial
seletivo simplificado
Concurso público
Universidade estadual
educaçÃo infantil
saúde mental
direitos humanos
Centro universitário
Poder judiciário
educaçÃo física
saúde conselho
assistência social
santa maria
Excelentíssimo senhor
Conselho regional
Atividade estruturada
ciências humanas
políticas públicas
outras providências
catarina prefeitura
ensino aprendizagem
secretaria municipal
Dispõe sobre
Conselho municipal
recursos humanos
Colégio estadual
consentimento livre
ResoluçÃo consepe
psicologia programa
ministério público
língua portuguesa
público federal
Corte interamericana