O efeito da educaçÃo na reduçÃo da criminalidade stephen Machin, Olivier Marie e Suncica Vujic'



Baixar 1,32 Mb.
Página9/10
Encontro17.10.2018
Tamanho1,32 Mb.
1   2   3   4   5   6   7   8   9   10
Apêndice A. Descrição de Dados

A.1. Offenders Index Database (OID)


Nossa análise utiliza dados do OID de 1972 a 1996, que comparamos com os dados da General Household Survey pela coorte de idade e ano de pesquisa. A versão do OID a qual temos acesso contém dados do histórico criminal de ofensores condenados por crimes da lista padrão entre 1963 e 2003. Os crimes da lista padrão são todos aqueles sujeitos à sanção penal ou que podem ser julgados, além de alguns dos crimes sumários mais graves. Os códigos de classe da lista padrão constam do livro de códigos do Offenders Index – OI. Os dados são originados do sistema de Comparecimento em Juízo e são atualizados trimestralmente.

O conjunto de dados contém amostras anônimas (de cerca de quatro semanas) para cada ano desde o início da década de 1960 em diante. A seleção de criminosos é feita pela análise dos dados de comparecimento em juízo utilizando a data para selecionar os principais criminosos. A seleção se baseia nos seguintes critérios: selecionar criminosos quando eles comparecem em juízo durante a primeira semana de março, segunda semana de junho, terceira semana de setembro e terceira semana de novembro.14

As seguintes variáveis ​​são registradas para cada criminoso: Número do OI, Data de Nascimento, Sexo, Etnia, Data de Comparecimento, Código do Tribunal, Ordens de Toque de Recolher, Data de Comparecimento Anterior em Juízo, Idade quando do Comparecimento, Quantidade de Comparecimentos Anteriores, Quantidade de Comparecimentos Subsequentes, Código da Força Policial, Código da Classe de Crime, Subclasse de Crime, Tipo de Processos, Resposta do Réu, Código 1 a 4 do Dispositivo, Valor 1 a 4 do Dispositivo, Unidades 1 a 4 do Dispositivo, Acusação de Crimes Anteriores e Acusação de Crimes Subsequentes.

Comparando os dados da população do OID com os do ONS, calculamos as taxas de criminalidade (por 1.000 habitantes) por coorte de idade e ano, separadamente para homens e mulheres, utilizando variáveis de Data de Nascimento e Sexo. Delitos criminosos foram, em termos gerais, classificados como crimes contra o patrimônio (roubo e furto e porte de mercadorias roubadas) e crimes violentos (violência contra a pessoa e roubo), utilizando a classificação da variável no Offense Class Code.15 A taxa de condenação geral que utilizamos é a soma dos dois.

A estrutura de dados para homens e mulheres, com a média da taxa de condenação total por 1.000 habitantes, assim como as taxas de condenação por crimes contra o patrimônio e crimes violentos, é apresentada na Tabela A1.
14 A primeira semana de qualquer mês do ano é a semana em que a segunda-feira é a primeira segunda-feira do mês.

15 Não consideramos crimes sexuais uma vez que são muito poucos e sua relação com educação difere da relação com outros crimes (como no caso de estupro em Lochner e Moretti, 2004).

Tabela A1



Descritivos do Offenders Index Database – OID


OID

Ano


Faixa

etária


Homens,

condenação



Homens,

patrimônio



Homens,

violento


Mulheres,

condenação



Mulheres,

patrimônio



Mulheres,

violento


1972

18-25

2,71

2,26

0,45

0,36

0,34

0,02

1973

18-26

2,31

1,85

0,46

0,34

0,31

0,02

1974

18-27

2,57

2,13

0,44

0,39

0,37

0,02

1975

18-28

2,90

2,34

0,56

0,43

0,40

0,03

1976

18-29

2,72

2,13

0,59

0,45

0,41

0,04

1977

18-30

2,62

2,13

0,49

0,44

0,41

0,04

1978

18-31

2,44

1,96

0,47

0,46

0,43

0,03

1979

18-32

2,39

1,83

0,56

0,42

0,38

0,04

1980

18-33

2,49

1,92

0,57

0,42

0,38

0,04

1981

18-34

2,56

2,04

0,52

0,42

0,38

0,03

1982

18-35

3,03

2,45

0,57

0,51

0,47

0,03

1983

18-36

2,84

2,29

0,55

0,47

0,43

0,04

1984

18-37

2,83

2,31

0,52

0,47

0,44

0,03

1985

18-38

2,65

2,16

0,49

0,44

0,41

0,03

1986

18-39

2,29

1,82

0,47

0,39

0,36

0,03

1987

18-40

2,66

2,18

0,48

0,38

0,35

0,03

1988

19-40

2,33

1,83

0,50

0,35

0,32

0,04

1989

20-40

2,01

1,51

0,51

0,34

0,31

0,04

1990

21-40

1,86

1,39

0,47

0,32

0,29

0,04

1991

22-40

1,83

1,42

0,41

0,30

0,28

0,03

1992

23-40

1,67

1,31

0,36

0,28

0,25

0,03

1993

24-40

1,55

1,22

0,33

0,27

0,25

0,02

1994

25-40

1,38

1,08

0,30

0,28

0,26

0,02

1995

26-40

1,19

0,97

0,23

0,23

0,21

0,02

1996

27-40

1,14

0,93

0,21

0,22

0,20

0,02

A.2. General Household Survey – GHS


Nossa análise utiliza dados da GHS desde 1972 até 1996. A pesquisa se deu em uma base de ano civil de 1972 a 1987, e, em seguida, foi alterada para ano financeiro. Utilizando mês de pesquisa, comparamos a GHS com o OID para Inglaterra e País de Gales por idade e ano com base no ano civil.

Utilizamos duas variáveis ​​de educação da GHS:




  1. Idade de saída do sistema educacional – variável AGELFTS de ​​1972 a 1982 e AGELFTSC de 1983 a 1996. A idade de saída do sistema educacional é definida como inexistente se < 13 e acima de 25.

  2. Sem qualificações educacionais – derivada de variáveis que medem maior qualificação educacional ou se indivíduos possuem alguma qualificação educacional.

Tabela A2

Descritivos da General Household Survey – GHS


GHS

Ano


Faixa

etária


Homens,

sem qualificação



Homens,

idade de saída do sistema educacional



Mulheres,

sem qualificação



Mulheres,

idade de saída do sistema educacional



1972

18-26

0,44

15,85

0,50

15,69

1973

18-27

0,36

15,76

0,46

15,69

1974

18-28

0,36

15,76

0,44

15,73

1975

18-29

0,35

15,76

0,45

15,72

1976

18-30

0,34

15,83

0,43

15,76

1977

18-31

0,32

16,00

0,40

15,87

1978

18-32

0,30

16,03

0,40

15,95

1979

18-33

0,32

16,01

0,37

15,97

1980

18-34

0,29

16,08

0,37

16,01

1981

18-35

0,30

16,07

0,37

16,02

1982

18-36

0,29

16,10

0,33

16,04

1983

18-37

0,28

16,10

0,33

16,02

1984

18-38

0,28

16,06

0,34

16,01

1985

18-39

0,28

16,10

0,32

16,03

1986

18-40

0,26

16,06

0,32

16,02

1987

18-40

0,25

16,12

0,29

16,07

1988

18-40

0,21

16,27

0,23

16,22

1989

18-40

0,20

16,28

0,23

16,24

1990

19-40

0,20

16,28

0,24

16,25

1991

20-40

0,20

16,31

0,21

16,26

1992

21-40

0,17

16,34

0,18

16,31

1993

22-40

0,16

16,41

0,18

16,36

1994

23-40

0,14

16,40

0,18

16,37

1995

24-40

0,16

16,37

0,17

16,37

1996

25-40

0,15

16,38

0,17

16,36

A variável idade de saída do sistema educacional foi construída a partir do ano de nascimento conforme a seguir. A GHS contém o ano de nascimento real de 1986 a 1995. Nos demais anos, a exemplo de Devereux e Hart (2010), codificamos o ano de nascimento como (ano da pesquisa - idade), nos meses de pesquisa de julho a dezembro e (ano da pesquisa - idade - 1) para os meses de pesquisa de janeiro a junho. A variável foi codificada como 0 para coortes de nascimento antes de 1957, 0,33 em 1957 (uma vez que a lei se tornou obrigatória em setembro de 1972) e 1 para coortes de nascimentos de 1958 em diante.



Comparamos aos dados do OID por idade e ano para os anos 1972 a 1996 para indivíduos com idade entre 18 e 40 anos nascidos entre 1946 e 1970, eliminando as discrepâncias entre idade e ano de nascimento.


As variáveis ​​de controle foram as seguintes: proporção empregados; proporção vivendo em Londres; proporção brancos; proporção nascidos britânicos.



A estrutura de dados para homens e mulheres, com média das duas variáveis ​​de educação é apresentada na Tabela A2.
University College London and Centre for Economic Performance, London School of Economics ROA, Maastricht University and Centre for Economic Performance, London School of Economics London School of Economics

NT O sistema de ensino na Inglaterra segue uma estrutura que permite ao aluno ficar mais 2 anos na escola após a idade obrigatória para fazer os A levels, desde que tenha obtido notas boas o suficiente para fazer a preparação para a universidade. Este é um detalhe importante já que um aluno que deixa a escola na idade de 16 e opta por não cursar mais 2 anos não é visto como tendo abandonado a escola, uma vez que ele completou a escola secundária.




Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4   5   6   7   8   9   10


©psicod.org 2017
enviar mensagem

    Página principal