Novas práticas de atenção ao parto e os desafios para a humanização da assistência nas regiões sul e sudeste do Brasil



Baixar 91.5 Kb.
Página6/7
Encontro01.12.2019
Tamanho91.5 Kb.
1   2   3   4   5   6   7
CONCLUSÃO

É sabido que o aumento nas taxas de parto cesáreo é um fenômeno mundial desde as últimas décadas do século XX1. Além disso, em muitos locais do mundo a realização dessa cirurgia são superiores aquelas preconizadas pela OMS2. Porém, o “bom parto”, seja ele vaginal, seja cesáreo, deve ser aquele que assegure o bem-estar da mãe e do recém-nascido. As decisões pelo tipo de parto devem considerar as preferências das gestantes, desde que elas tenham condições de escolher, de forma isenta, aquele que melhor lhes convém.

De acordo com os trabalhos apresentados, ficou evidente que existe uma tentativa de oferecer uma assistência humanizada no período prévio ao parto, durante a realização do mesmo e no período puerperal, nas regiões sul e sudeste do Brasil. Entretanto, o processo de humanização ocorre de maneira heterogênea entre os estados que compõe as regiões analisadas. Contudo, podemos observar uma fragilidade dos sistemas de saúde, nas diferentes regiões estudadas, em oferecer um atendimento precoce para a população mais pobre, seja essa uma assistência humanizada ou não.

Considerando a existência de evidências científicas que comprovam cada vez mais os benefícios de uma assistência humanizada, é fundamental que a formação acadêmica incorpore as mudanças no paradigma de atenção à saúde da mulher de maneira integral. Assim, se faz necessário a incorporação de novas atitudes por parte dos profissionais, que vise uma assistência multidisciplinar, com enfoque ao trabalho em equipe, que garanta a saúde e os direitos das mulheres e de seus recém-nascidos; o preparo da gestante para o parto desde o pré-natal; além da efetiva incorporação do modelo humanizado de atenção como diretriz e filosofia institucional buscando respeitar a fisiologia da mulher e favorecer os interesses de todos os envolvidos.





Catálogo: uploads -> artigos
artigos -> Psicologia de orientaçÃo positiva: uma proposta de intervençÃo no trabalho com grupos em saúde mental
artigos -> A construçÃo da masculinidade
artigos -> Análise de Discurso: Potencialidades Investigativas para a Violência de Gênero
artigos -> Novos sentidos para a atuaçÃo do psicólogo no programa de saúde da família
artigos -> Título Completo
artigos -> Fatores associados à adesão à Terapia Antirretroviral em adultos: Revisão integrativa de literatura
artigos -> Crenças e influências sobre dietas de emagrecimento entre obesos de baixa renda
artigos -> O presente artigo descreve o perfil da violência de gênero na cidade de Mendes através da análise dos dados obtidos na leitura
artigos -> A construçÃo da masculinidade
artigos -> Gender inequalities in non communicable disease mortality in Brazil Desigualdades de gênero na mortalidade por doenças crônicas não transmissíveis no Brasil

Baixar 91.5 Kb.

Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4   5   6   7




©psicod.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
ensino fundamental
Processo seletivo
ensino médio
Conselho nacional
minas gerais
terapia intensiva
oficial prefeitura
Curriculum vitae
Boletim oficial
seletivo simplificado
Concurso público
Universidade estadual
educaçÃo infantil
saúde mental
direitos humanos
Centro universitário
Poder judiciário
educaçÃo física
saúde conselho
santa maria
assistência social
Excelentíssimo senhor
Atividade estruturada
Conselho regional
ensino aprendizagem
ciências humanas
secretaria municipal
outras providências
políticas públicas
catarina prefeitura
recursos humanos
Conselho municipal
Dispõe sobre
ResoluçÃo consepe
Colégio estadual
psicologia programa
consentimento livre
ministério público
público federal
extensão universitária
língua portuguesa