Nota sobre a autora


A ESCOLA COMO INSTITUIÇÃO



Baixar 0,76 Mb.
Página12/48
Encontro04.03.2018
Tamanho0,76 Mb.
1   ...   8   9   10   11   12   13   14   15   ...   48
2.2 A ESCOLA COMO INSTITUIÇÃO

É importante, portanto, para dar conta de toda essa realidade, centrar-se na perspectiva pedagógica da escola, e para isso Estrela10 nos auxilia, estabelecendo uma pirâmide quadrangular, sistematizando a escola enquanto instituição.



Figura 2.1 – Pirâmide quadrangular – a instituição educacional

A base representa a estrutura material e humana, formada por quatro componentes:



Humano – Refere-se aos grupos sociopedagógicos existentes na escola.

Programático-normativo – Constitui um ponto de referência comum aos diferentes grupos; é a base em que assenta a escola.

Financeiro-administrativo – A forma como a instituição é financiada e administrada diferencia e modifica as relações de poder dentro dela (as exigências dos pais de alunos que estudam em escolas privadas, por exemplo, diferenciam-se das de pais que têm filhos em escolas públicas).

Físico – Constituída pelos espaços e equipamentos que limitam ou facilitam certos tipos de relação.

A dinâmica seria formada pelas quatro faces da pirâmide:

a hierarquia, estabelecendo relações de poder, normatividade e autoridade;

as funções e papéis dos vários grupos (desempenhados e esperados, formais e informais);

a comunicação formal e informal, com suas redes e normas formais e informais;

o currículo real, diferente do currículo proposto, na sua dimensão expressa e escondida.

Para que ocorra a atuação psicopedagógica na instituição educacional é de fundamental importância que se compreenda essa estrutura com base na identificação dessas diferentes estruturas, que estão inter-relacionadas.




Compartilhe com seus amigos:
1   ...   8   9   10   11   12   13   14   15   ...   48


©psicod.org 2017
enviar mensagem

    Página principal