Modelo para trabalho de curso, modalidade artigo


Principais características da teoria X e Y por McGregor



Baixar 93,62 Kb.
Página8/12
Encontro29.11.2019
Tamanho93,62 Kb.
1   ...   4   5   6   7   8   9   10   11   12
Principais características da teoria X e Y por McGregor:

Teoria X

- Um individuo comum, em situações comuns, evitará sempre que possível o trabalho;

- Alguns indivíduos só trabalham sob forte pressão. Eles precisam ser forçados, controlados e às vezes ameaçados com punições severas para que se esforcem em cumprir os objetivos estabelecidos pela organização;

- O ser humano ordinário é preguiçoso e prefere ser dirigido, evita a responsabilidade tem ambições e acima de tudo deseja sua própria segurança.

.Teoria Y

- O esforço físico e mental empregado no trabalho é tão natural quanto o empregado em momentos de lazer;

- O atingimento dos objetivos da organização está ligado às recompensas associadas e não ao controle rígido e às punições;

- O indivíduo comum não só aceita a responsabilidade do trabalho, como também as procura;

- Os indivíduos são criativos e inventivos, buscam sempre a solução para os problemas da empresa;

-Os trabalhadores tem a capacidade de se autogerirem nas tarefas que visam atingir objetivos pessoais e estratégicos da organização. Sem ameaças ou punições;

- O trabalhador normalmente não faz aquilo que não acredita. Por isso exige cada vez mais benefícios para compensar o incômodo de desempenhar uma função desagradável. (PERIARD, 2011. apud McGREGOR)





As teorias expostas por McGregor nada mais fazem do que expor características psicológicas que podem ser encontradas em algumas pessoas de acordo com suas necessidades e motivações, umas mais inclinadas à teoria X e outras a teoria Y, ou seja, podem ser considerados apenas os resultados obtidos através da boa e má gestão da empresa, onde se encontra o verdadeiro problema.

De acordo com Mc Gregor (1960) “a autoridade (...) é apenas uma das várias formas de influência ou controle social (...) e é um meio inadequado para a obtenção de comprometimento para com os objetivos.” Deste modo olhando para a operação organizacional, a teoria X apesar de ter sido aceita durante um tempo, não é a melhor opção de gestão estratégica, pois a mesma expõe consequências da má gestão da empresa que teria traços autoritários e com pouca preocupação quanto ao bem estar do trabalhador. Já a teoria Y mostra que a preocupação com o trabalhador enquanto pessoa e a motivação do mesmo através de benefícios não apenas com o fornecimento de férias, 13 salário e gratificações, mas também possibilidade de aprendizado, crescimento dentro da empresa, prazer na realização de determinadas tarefas e acima de tudo respeito ao ser humano no encargo das tarefas destinadas pode trazer resultados positivos tanto para o desempenho pessoal instigando competência, interesse e responsabilidade quanto para a realização dos objetivos da empresa.

É possível perceber então que o ser humano que desempenha funções que o motiva e trazem expectativas de ascensão pessoal à cima de tudo, será aquele que mais trará resultados e que mais terá vontade de compactuar com as necessidades da empresa, pois ao ver que os objetivos da organização estão sendo cumpridos e reconhecidos, automaticamente se sentirá realizado pessoalmente e irá sempre querer estar com seus afazeres em dia para suprir suas necessidades pessoais, trazendo então benefícios mútuos.




Compartilhe com seus amigos:
1   ...   4   5   6   7   8   9   10   11   12


©psicod.org 2019
enviar mensagem

    Página principal