Ministério da Educação Universidade Federal do Recôncavo da Bahia ufrb



Baixar 0,9 Mb.
Página50/59
Encontro28.11.2019
Tamanho0,9 Mb.
1   ...   46   47   48   49   50   51   52   53   ...   59

BIBLIOGRAFIA BÁSICA


ALENCAR, C e GENTILLI, P. Educar na esperança em tempos de desencanto. Petrópolis: Vozes, 2003.

BRZEZINSKI, I. (org.). LDB Interpretada: diversos olhares se entrecruzam. São Paulo: Cortez, 2002.

BONETI, L. W. (org.) Educação, exclusão e cidadania. Ijuí: Unijuí, 2000.

BRANDÃO, C. R. (1986). A educação como cultura. São Paulo: Brasiliense.

CALADO, Alder Julio Ferreira.Conferências dos Colóquios Internacionais Paulo Freire II.Centro Paulo Freire Estudos e Pesquisas, 2007.

CAMIM. Isabela .Escola Itinerante - na fronteira de uma nova escola.

GOHN, M. G. . Educação não – formal e cultura política . São Paulo: Cortez. 1999.

FREIRE, P. (1993). Política e educação. São Paulo: Cortez.. 1993.

_________. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra. 1997

M. M. Pistrak Educação e lutas de classes , Fundamentos da escola do trabalho,

SANTOS, B. S.A crítica da razão indolente. Contra o desperdício da experiência. SP: Cortez, 2000

SILVA. R. B. Educação Comunitária Além do Estado e do Mercado? São Paulo. Autores Associados 2003. Paulino José Orso, Sebastião Rodrigues Gonçalves, Valci Maria Mattos (org.)

SIMON, O. R. (org) Educação não formal: cenários da criação. Ed. UNICAMP: Campinas. 2001.

O´SULLIVAN, Edmund. Aprendizagem transformadora: uma visão educacional para o século XXI. São Paulo Cortez: Instituto Paulo Freire,2004.

TORRES, C. A. A política da educação não formal na América Latina. Rio de Janeiro, Paz e Terra, 1992.


Nome e código do componente curricular:




Compartilhe com seus amigos:
1   ...   46   47   48   49   50   51   52   53   ...   59


©psicod.org 2019
enviar mensagem

    Página principal