Ministério da Educação Universidade Federal do Recôncavo da Bahia ufrb


Histórico do curso Artes Visuais na UFRB



Baixar 0,9 Mb.
Página3/59
Encontro28.11.2019
Tamanho0,9 Mb.
1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   59
Histórico do curso Artes Visuais na UFRB

A UFRB ofereceu, a partir de 2008, o curso Superior de Cinema e Audiovisual com ênfase em documentário, inscrito na tabela de Áreas do Conhecimento do CNPQ em Lingüística, Letras e Arte. Tal iniciativa inaugura a área de Artes na UFRB/CAHL, promovendo os fundamentos da sua missão institucional de desenvolvimento das ciências, letras e artes. O curso de Cinema e Audiovisual foi pensado na perspectiva das novas tecnologias em vídeo, que diferem das linguagens de Televisão e Cinema, mas ao mesmo tempo as coloca em uma mesma dimensão produtiva em consonância com a criação dos Bacharelados Interdisciplinares com a terminalidade em Cinema da UFBA e do Pólo de Cinema da Bahia.

A partir de uma concepção atualizada sobre o universo das artes visuais, em diálogo direto com os novos rumos da Arte Contemporânea, em 2010 é apresentada a proposta de implementar o Bacharelado em Artes Visuais, junto ao Conselho do Centro, pensando a expansão do CAHL através do REUNI. Tendo o objetivo de preencher uma grande lacuna, considerando que no interior da Bahia não há, em universidades públicas, curso com tal especificidade.

As artes visuais oferecem um campo vasto de atuação e abrigam interfaces com diversas áreas, tais como Comunicação, Publicidade e Propaganda, Marketing, Editoração, Jornalismo, Televisão, Cinema, Teatro, Fotografia, Museologia, Arquitetura, Restauração, Engenharia, Design Gráfico, Design de Produto, Web Design, Light Design, Design de Interior, Design de Moda, Artesanato Autoral, Saúde (Arte Terapia), Educação.

O Artista Visual tradicionalmente produz trabalhos específico de escultura, pintura, desenho, gravura, fotografia, vídeoarte, web art, body art, performance, instalações a serem inseridos no mercado de exposições em galerias, museus, coleções, espaços públicos e privados.

O Recôncavo baiano, como produtor de grandes expressões artísticas e bens culturais, se encontra carente de oportunidades de formação acadêmica nas áreas de artes. As inúmeras iniciativas de descentralização das ações educacionais e culturais implementadas pelos governos Federal/Estadual legitimam tal iniciativa.







Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   59


©psicod.org 2019
enviar mensagem

    Página principal