Microsoft Word protocolo de vinculaãÃo da gestante final doc



Baixar 1,26 Mb.
Página27/37
Encontro30.11.2019
Tamanho1,26 Mb.
1   ...   23   24   25   26   27   28   29   30   ...   37






ANEXO VIII



CLASSIFICAÇÃO DA HIPERTENSÃO ARTERIAL NA GRAVIDEZ (Werther

Clay Mônico Rosa)
Diante de uma grávida hipertensa podemos encontrar quatro entidades clínicas:

  1. Pré-eclâmpsia leve e grave/eclampsia;

  2. Hipertensão crônica de qualquer etiologia;

  3. Pré-eclâmpsia/eclampsia superposta à hipertensão crônica;

  4. Hipertensão gestacional:

  • Hipertensão transitória - desaparece até 12 semanas pós-parto;

  • Hipertensão crônica - continua após 12 semanas pós-parto.



  1. Pré-Eclâmpsia Leve E Grave/Eclâmpsia

A pré-eclâmpsia é definida como:



  • Aparecimento do quadro de hipertensão arterial (pressão sistólica ≥ 140 mmHg e/ou pressão arterial diastólica ≥ 90 mmHg) após a 20ª semana de gestação;

  • Aparecimento de proteinúria, cujos valores variam com a gravidade, como veremos adiante;

  • Deve aparecer com a gestação e desaparecer após o parto;

  • Oligúria (diurese menor que 500 ml por dia, afastada a ingesta inadequada de líquidos e hemoconcentração).






Compartilhe com seus amigos:
1   ...   23   24   25   26   27   28   29   30   ...   37


©psicod.org 2019
enviar mensagem

    Página principal