Medicina legal



Baixar 155,39 Kb.
Página1/15
Encontro13.06.2019
Tamanho155,39 Kb.
  1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   15




MEDICINA LEGAL

PSICOLOGIA E PSICOPATOLOGIA FORENSE
Por Roberto Lobo


SUMÁRIO




1CONCEITOS DE PSICOLOGIA E PSICOPATOLOGIA FORENSE 3

2IMPUTABILIDADE 3

2.1LIMITADORES E MODIFICADORES DA CAPACIDADE CIVIL E DA IMPUTABILIDADE PENAL 5

2.1.1MENORIDADE 6

2.1.2SEXO 6

2.1.3EMOÇÃO E PAIXÃO 6

2.1.4SONO 7

2.1.5SURDO-MUDO 8

2.1.6AFASIA 8

2.1.7PRODIGALIDADE 8

2.1.8SILVÍCOLAS 9

2.1.9PSICOLOGIA DAS MULTIDÕES DELINQUENTES 9

2.2MODIFICADORES PSIQUIÁTRICOS 10

2.2.1DOENÇA MENTAL 10

2.2.2OLIGOFRENIA (RETARDO MENTAL) 10

2.2.3NEUROSES E PERSONALIDADES PSICOPÁTICAS 12

3BIBLIOGRAFIA 14


ATUALIZADO EM 02/10/20171

PSICOLOGIA E PSICOPATOLOGIA FORENSE
  1. CONCEITOS DE PSICOLOGIA E PSICOPATOLOGIA FORENSE

A Psicologia Forense estuda os limites normais, biológicos, mesológicos e legais da capacidade civil e da imputabilidade penal. Quando analisa os limites e modificadores anormais e as doenças mentais, oligofrenias e as personalidades psicopáticas, será Psiquiatria Forense.

Psicopatologia forense é o ramo da Medicina Legal que estuda as doenças, as deficiências e os distúrbios de natureza mental. Logo, preocupa-se com as desordens do psiquismo, relacionando a personalidade anormal com fins médico legais. É o conjunto ordenado de conhecimentos relativos às anormalidades da vida psíquica e da conduta, em todos os seus aspectos, inclusive as suas causas, consequências e os métodos empregados com o propósito correspondente.

O psicopatologista forense pode ser chamado para elucidar desordens mentais relacionadas com a capacidade civil e com a imputabilidade penal, esclarecendo tecnicamente à autoridade judiciária, a quem não cabe fazer diagnóstico de ordem médica. Essa é a única perícia que não pode ser determinada pela autoridade policial (o exame de insanidade). Só o órgão jurisdicional é que pode determiná-la, de ofício, ou a requerimento do representante do Ministério Público, do defensor, do curador, do ascendente, do descendente, irmão ou cônjuge do réu.





  1. Compartilhe com seus amigos:
  1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   15


©psicod.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
santa catarina
Prefeitura municipal
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
ensino fundamental
Processo seletivo
terapia intensiva
Conselho nacional
Curriculum vitae
oficial prefeitura
ensino médio
minas gerais
Boletim oficial
Concurso público
educaçÃo infantil
Universidade estadual
seletivo simplificado
saúde mental
direitos humanos
Centro universitário
Poder judiciário
saúde conselho
educaçÃo física
santa maria
Excelentíssimo senhor
Conselho regional
assistência social
ciências humanas
Atividade estruturada
políticas públicas
catarina prefeitura
ensino aprendizagem
Dispõe sobre
outras providências
recursos humanos
secretaria municipal
Conselho municipal
psicologia programa
Colégio estadual
consentimento livre
ResoluçÃo consepe
Relatório técnico
Corte interamericana
público federal
ministério público