Marcos Cabral Uso da Língua Tétum no ensino-aprendizagem do Português le na Universidade Nacional Timor Lorosa´e



Baixar 2,09 Mb.
Página41/44
Encontro21.06.2019
Tamanho2,09 Mb.
1   ...   36   37   38   39   40   41   42   43   44

Anexo 10: Transcrição 9



Ficheiro: Voz 34
E1: em primeiro lugar queria saber quais são as suas habilitações literárias?

Prof: em comecei o ensino básico no Externato São José, sétimo ano naquela altura, depois não sei em que ano, 1992, e depois continuei a licenciatura em ensino da língua portuguesa em 2001, aqui antigamente era … e depois em 2009 é que fui concluir o mestrado na Universidade de Portugal, e terminei em 2012

E1: quando começou a lecionar português e em que escola?

Prof: comecei a lecionar português aqui na UNTL em 2007, no departamento de língua portuguesa, mas em 2007 ensinei português mas nas disciplinas gerais, da faculdade de economia, da faculdade de agricultura e da faculdade de educação, departamento de biologia, matemática e inglês, só em 2015 é que lecionei aqui no departamento de língua portuguesa

E1: a que níveis de escolaridade é que ensina aqui na UNTL?

Prof: licenciatura, primeiro, segundo, terceiro, sim primeiro, segundo, terceiro ano

E1: quais são as áreas disciplinares que ensina?

Prof: a língua portuguesa, além da língua portuguesa também pedagogia do ensino, pedagogia do ensino e introdução aos estudos literários, e literatura portuguesa I e este semestre literatura brasileira

E1: é a professora que prepara os seus próprios materiais didáticos? Em que se baseia?

Prof: sim eu é que preparo e baseio-me nos livros de ensino da língua portuguesa, e … este ano 2015 como já tem a sebenta, o departamento de língua portuguesa já tem uma sebenta então baseio também nesta sebenta, e em alguns materiais de apoio e textos dos livros da licenciatura

E1: quais são as maiores dificuldades que encontra a ensinar português?

Prof: da minha parte ou da parte dos estudantes?

E1: tem relação com a professora e também com os alunos

Prof: eu acho que na minha parte não há dificuldades, porque tenho livros tenho sebentas e essas coisas, a parte dos alunos é que há um pouco de dificuldades, principalmente os alunos do primeiro ano, sim primeiro ano, porque há muitos alunos que vêm de outros sítios e não dominam bem a língua portuguesa, principalmente na oralidade, na oralidade e também na escrita, existem muitos … quer na oralidade como na escrita erros de concordância que costumam os alunos fazer

E1:considera que conhecer a língua tétum pode ser um facto fulcral no processo do ensino e aprendizagem do português?

Prof: eu acho que para ensinar tétum é, ensinar português mas conhecer muito bem o tétum acho que é um pouco difícil, se é ao contrario conhecer bem o português e praticar o tétum já é um pouco mais fácil, porque sabemos que o tétum principalmente o verbo não há flexão verbal, então para aprender o português é um pouco difícil, no português a flexão verbal, não só a flexão verbal mas também os pronomes possessivos

E1: em casa quais são as línguas que fala?

Prof: em casa fala com o meu marido em tétum, as minhas filhas de vez em quando português, um pouco de tétum, um pouco de inglês

E1: os filhos também...
Prof: elas estudam numa escola portuguesa, portanto sempre em casa pratico um pouco o português para eles poderem aprender melhor

E1: se já ensinou noutros distritos ou não, mas queria saber quais são as maiores dificuldades a ensinar a língua portuguesa? Se sim porquê?

Prof: nunca lecionei noutros distritos. Em Díli mas também só aqui na universidade

E1: no processo de ensino aprendizagem precisa de recorrer ao tétum?

Prof: aprendizagem do tétum ou do português?

E1: do português

Prof: aprendizagem do português … eu acho que é preciso sim, pode-se recorrer ao tétum, se algum caso que os alunos não compreendem bem podemos explicar em tétum para eles poderem compreender, o melhor é conjugar estas duas línguas dentro da sala, mas funciona nalguns casos não todos

E1: em algumas destas situações de aprendizagem deparou-se com algum ou alguns alunos que não conseguiam comunicar em nenhuma das línguas que domina?

Prof: não, eu acho que tétum … tétum eles dominam, dominam mas na oralidade, na escrita há muitos, os do primeiro e segundo ano ainda não estão bem, terceiro quatro sim. Português é que os primeiros e segundos, já no terceiro ano dominam, mas a escrita é um pouco difícil

E1: no seu ponto de vista quais lhe parecem ser as maiores motivações dos seus alunos em aprender português?

Prof: eu acho que uma das motivações é … praticar diariamente português não só na sala de aula mas também no recinto do departamento da faculdade, também devemos oferecer livros e outras coisas para os alunos poderem ler ler muito, e também na sala de aula o professor deve procurar estratégias ou maneiras adequadas para o ensino para eles terem motivações em aprender mais o português

E1: acredita que haverá interesse por parte da nova geração de jovens estudantes em aprender português? Porquê?

Prof: eu acho que há, que há interesse e haverá, porque esses jovens já começam desde o ensino básico, ensino básico primeiro ciclo no pré-escolar não, já começam a aprender português, portanto haverá sempre interesse por parte dos estudantes eu acho em aprender português
AGRADECIMENTOS FINAIS




    1. Compartilhe com seus amigos:
1   ...   36   37   38   39   40   41   42   43   44


©psicod.org 2019
enviar mensagem

    Página principal