Marcos Cabral Uso da Língua Tétum no ensino-aprendizagem do Português le na Universidade Nacional Timor Lorosa´e



Baixar 2,09 Mb.
Página12/44
Encontro21.06.2019
Tamanho2,09 Mb.
1   ...   8   9   10   11   12   13   14   15   ...   44
Português Língua Segunda

Os fatores de distinção de L2 e L1 dependem do contexto em que se adquirem a L2 e/ou LE. Quando se aprende o português só na aula sem falar nem ouvir fora de aula. Quem aprende português em Portugal, no Brasil, em Angola, por exemplo, estará a aprender uma L2. Se aprender português na Alemanha, por exemplo, será uma LE. Mas, se aprender na Alemanha e os pais ou os avós forem falantes de português que o aprendente já não fala bem, será Português de Herança.

Estudos sobre a aquisição de L2 defenderam que os bilingues tardios não são capazes de atingir uma proficiência nativa no domínio de L2. Defendem ainda que os falantes tardios apresentam tendência para a fossilização4 de conhecimento linguístico e estão sujeitos a processos de transferência da sua língua materna para a sua fala de L2. Se errarem, terão muita dificuldade em corrigir esses erros fossilizados.

Há muitas explicações de diversos investigadores para o aprendente ter dificuldade na aquisição de L2. Uma muito importante defende que a idade em que uma pessoa é exposta à L2 é um fator muito importante para a aprender bem ou não; outra explicação defende a mistura de contextos para um falante se tomar eficiente em L2, e o tempo em que está exposto à língua no seu âmbito natural (por exemplo, passar uma temporada em ambiente onde se fale obrigatoriamente todo o tempo).

Ullman citado por Flores (2013: 41-42) defende que:


O saber linguístico armazenado na memória declarativa do aprendente tardio pode passar para o subsistema da memória procedimental, tornando-se assim, implícito e inconsciente, se o falante estiver intensivamente exposto à sua L2, (…) através da imersão no seu ambiente.
Portanto, a imersão no ambiente linguístico da segunda língua é o melhor remédio para aprender a língua, no entanto em Timor é um problema, porque falta lugares onde se fale muito português.





  1. Compartilhe com seus amigos:
1   ...   8   9   10   11   12   13   14   15   ...   44


©psicod.org 2019
enviar mensagem

    Página principal