Logia experimental e aplicada



Baixar 167.19 Kb.
Página1/5
Encontro28.05.2019
Tamanho167.19 Kb.
  1   2   3   4   5

PROGRAMA DA CADEIRA DE PSICO­LOGIA EXPERIMENTAL E APLICADA

por


LUÍS DE PINA

INTRODUÇÃO



Comentários às diversas acepções de Psicologia experimental (1).

Psicologia experimental (ou empírica), animal e humana. Segundo Warren — «Investigação dos fenómenos psíquicos e da
conduta dos organismos por métodos experimentais»

ou:


«Sector ou ramo da Psicologia que verifica ou revela fenó­menos psíquicos por meios vários (com ou sem aparelhos e instrumentos)» (2). (L. de Pina).

Cfr. Psicologia objectiva e subjectiva.

Por isso, observa e avalia o comportamento, expressão da per­sonalidade condicionada por aqueles fenómenos.

(Watson-behaviour)

Psicologia aplicada — «utilização do conhecimento da vida psíquica na adaptação do Ser ao perimundo, em suas diversas e mútuas exigências». L. de Pina.

  1. Fraisse, a cujos comentários deste capítulo se dará especial atenção, alude à
    Psicologia científica e seu método experimental. Por isso escreve: «La psychologie expé-
    rimentale est la psychologie élaborée par la méthode expérimentale». Fraisse (vd.
    Bibliografia).

  2. Como se diz, pode também realizar-se experimentação psicológica sem apa­-
    relhagem ou instrumental. O convívio social, a aplicação de certos testes (questio-­
    nários), etc., dão-nos, em certos casos, argumento a este asserto. Cfr. experiência (acto
    psíquico) e experiência (acto mecânico).

345

A) Fisiopsicologia

(Psicofísica)

O Ser humano, corpo e espírito. Sua unidade, base e sentido

do curso. De Hipócrates a S. Tomás, a Descartes e Stahl

até Dunbar (psicossomática). (*)
a) Sentidos (visão, audição, tacto, etc.) normais
patológicos


Animal ou humana (Antropologia integral. Homem são e doente).

Infância, juventude, adultez, velhice. Fisiologia neurológica.


  1. Biotipologia (constituição). Sistematização dos biótipos.
    Temperamentologia —de Sigaud a Sheldon. Antropometria.

  2. Hábito. Aprendizagem. Reflexologia normal e provocada

B) Psicologia (pròp. dita)

a) Individual 1) Afectiva — Sentimentos, paixões, im-
(Ser isolado) pulsos, etc. Neurose. Pesquisa rorschaqui-

ana.


  1. Intelectiva — Atenção, memória, ima­-
    ginação, raciocínio, etc. Suas pertur-­
    bações e anomalias.

  2. Volitiva — A vontade (motivação, inte-­
    resses). Frustação, inibição.

b) Contactiva (Ser socializado, Eu-Mundo) 1) singular

2) colectiva (multidão, grupo. Sociograma, Sociometria).



  1. Voluntária e compulsiva (vd. Questionário, Colóquio, etc.)

  2. em 2.a e 3.a pessoa — experimental pròpr. dita.

  1. Linguagem oral e escrita. Grafologia. O gesto. A mímica.
    Vestuário, adornos, etc.

(*) Em sumária exposição da Psicologia aplicada à Medicina se explanará e exem­plificará este conceito.

346 —


I PARTE

PSICOLOGIA EXPERIMENTAL

MEIOS DE OBSERVAÇÃO

Generalidades. O método. Extrospeeção e introspecção (3). Fenomenologia e Psicologia (4).


  1. Utensílios auxiliares — Cronometres, cilindros de Marey,
    etc. T. V., gira-discos, estereoscópios, etc.

  2. Instrumentos e meios específicos — Psicometria (testes).

Colóquio. Entrevista. Questionário. Psicoscopia. Cfr. Psi­cologia aplicada.



Baixar 167.19 Kb.

Compartilhe com seus amigos:
  1   2   3   4   5




©psicod.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
processo seletivo
concurso público
conselho nacional
reunião ordinária
prefeitura municipal
universidade federal
ensino superior
ensino fundamental
ensino médio
Processo seletivo
minas gerais
Conselho nacional
terapia intensiva
Curriculum vitae
oficial prefeitura
Boletim oficial
seletivo simplificado
Concurso público
Universidade estadual
educaçÃo infantil
saúde mental
direitos humanos
Centro universitário
Poder judiciário
educaçÃo física
saúde conselho
assistência social
santa maria
Excelentíssimo senhor
Conselho regional
Atividade estruturada
ciências humanas
políticas públicas
outras providências
catarina prefeitura
ensino aprendizagem
secretaria municipal
Dispõe sobre
Conselho municipal
recursos humanos
Colégio estadual
consentimento livre
ResoluçÃo consepe
psicologia programa
ministério público
língua portuguesa
público federal
Corte interamericana