Linguagem e crítica da cultura



Baixar 26,72 Kb.
Página3/3
Encontro05.10.2018
Tamanho26,72 Kb.
1   2   3

4 - METODOLOGIA


A disciplina será desenvolvida através de aulas expositivo-dialogadas e de seminários.


5 - ATIVIDADES DISCENTES


Os alunos deverão realizar leitura e análise das obras e pesquisa bibliográfica, para participarem das aulas expositivo-dialogadas, bem organizar seminários. Para qualificar a organização dos seminários, o responsável deverá entregar os poemas e/ou outros textos a serem trabalhados para que os colegas possam participar da discussão a ser empreendida.

6 - AVALIAÇÃO


A avaliação constará de um ensaio final em que se empreenderá a análise de um tema, de uma forma ou de um autor da poesia moderna brasileira. um trabalho de recuperação de conceito a ser realizado após as duas provas. O trabalho deverá ser um desdobramento do seminário.

REFERÊNCIAS

ADORNO, Theodor. Notas de Literatura I. São Paulo: Duas Cidades; Editora 34, 2003. (Espírito Crítico)

Adorno, Theodor. Teoria Estética. Lisboa: Edições 70, s/d.

Andrade, Carlos Drummond de. Obra Completa. Rio de Janeiro: Nova Aguillar, 1992.

ANDRADE, Mário de. A poesia em 1930. In: Aspectos da literatura brasileira. 5. ed. São Paulo: Martins, 1974.

ARANTES, Paulo Eduardo. Sentimento da dialética na experiência intelectual brasileira: dialética e dualidade segundo Antonio Candido e Roberto Schwarz.Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1992.

ARRIGUCCI JR., Davi. Coração partido. São Paulo: Cosac&Naify, 2002.

ARRIGUCI JR., D. A beleza humilde e áspera. In: O cacto e as ruinas. São Paulo: Ed. 34, 1997. p. 11-89.

ARRIGUCI JR., D. O humilde cotidiano de Manuel Bandeira. In: Enigma e comentário: ensaios sobre literatura e experiência. São Paulo: Companhia das Letras, 1987

AUERBACH, Erich. As Flores do mal e o sublime. Trad. S. Titan Jr. E J. M. Macedo. Inimigo Rumor, Rio de Janeiro, n. 8. p. 83-100 , 2000.

BANDEIRA, Manuel. Poesia completa e prosa. 4. ed. Rio de Janeiro: Nova Aguilar, 1996.

BAPTISTA, Abel. Segunda leitura: A educação pela pedra, de João Cabral de Melo Neto. In: Livro Agreste. Campinas: Editora da Unicamp, 2005.

BARBOSA, João Alexandre. A imitação da forma: uma leitura de João Cabral de Melo Neto. São Paulo: Duas Cidades, 1975.

BARBOSA, João Alexandre. Balanço de Cabral, in As ilusões da modernidade. São Paulo, Editora Perspectiva, 1986. (Debates, v. 198)

BARBOSA, João Alexandre. Linguagem & metalinguagem em João Cabral, in A metáfora crítica. São Paulo, Editora Perspectiva, 1974. (Debates, v. 105)

BENJAMIN, Walter. Charles Baudelaire: um lírico no auge do capitalismo. São Paulo: Brasiliense, 1991.

BOSI, Alfredo (org.). Leitura de poesia. São Paulo: Ática, 1996.

BRAYNER, Sônia (org.). Carlos Drummond de Andrade. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1978. (Fortuna crítica)

Camilo, Vagner. Cartografia lírico sentimental de Sentimento do Mundo. In: REVISTA USP, São Paulo, n.53, p. 64-75, março/maio 2002.

CAMILO, Vagner. Drummond: Da Rosa do Povo à Rosa das Trevas. São Paulo: Ateliê Editorial, 2001.



Camilo, Vagner. Figurações do Trabalho em Sentimento do Mundo (1940). In: Remate de Males, n.20, p. 133-147, 2000.

CAMILO, Vagner. Drummond: da Rosa do Povo á rosa das trevas. São Paulo: Ateliê Editorial 2001.

CANDIDO, Antonio. A educação pela noite e outros ensaios. São Paulo: Ática, 1987.

CANDIDO, Antonio. Inquietudes na poesia de Drummond. In: ________. Vários Escritos. 3. ed. rev. ampl. São Paulo: Duas Cidades, 1995.

CANDIDO, Antonio. Na sala de aula. 4.ed. São Paulo: Ática, 1993.

CANDIDO, Antonio. Recortes. São Paulo: Companhia das Letras, 1993.

CANDIDO, Antonio. Textos de intervenção. São Paulo: 34; Duas Cidades, 2002.

Candido, Antonio; Souza, Gilda de Mello e. Introdução. In: Bandeira, Manuel. Libertinagem-Estrela da manhã. Coord. Giulia Lanciani. Madrid; Paris; Buenos Aires; São Paulo; Lima;: ALLCA XX, 1998. (Archivos: 33).

-Cidades, 1995.

FRIEDRICH, Hugo. Estrutura da lírica moderna. São Paulo: Duas Cidades, 1978.



Gledson, John. Poesia e poética de Carlos Drummond de Andrade. São Paulo: Duas Cidades, 1981.

LEITE, Sebastião Uchoa. Uma máquina sem mistério: a poesia de João Cabral de Melo Neto, in Crítica Clandestina. Rio de Janeiro: Livraria Taurus Editora, 1986.

LIMA, Luiz Costa. Lira e antilira: Mario, Drummond, Cabral. 2. Rio de Janeiro: Topbooks, 1995.

MELO NETO, João Cabral.Obra Completa: volume único; Org. Marly de Oliveira. - Rio de Janeiro: Nova Aguilar, 1994.op.cit. p718.

MERQUIOR, José Guilherme. Verso universo em Drummond. Trad. Marly Oliveira. 3. ed. São Paulo: Realizações ed., 2012.

MORAES, Marco Antônio (org.). Correspondência Mario de Andrade e Manuel Bandeira. São Paulo: Edusp, 2000.

MORICONI, Italo. A poesia brasileira do século XX. Rio de Janeiro: Objetiva, 2002.

MOURA, Murilo Marcondes. Posfácio. In: Andrade, Carlos Drummond de. Sentimento do Mundo. São Paulo: Companhia das Letras, 2012. p. 51-66.

NUNES, Benedito. Carlos Drummond: a morte absoluta. In: Literatura e Sociedade, ed. comemorativa, São Paulo, 2002, p. 137-154.

PEIXOTO, Marta. Poesia com coisas. São Paulo : Perspectiva, 1983.  215 p.  (Debates ; v.181)

SAID, Robert. A angústia da ação: poesia e política em Drummond. Curitiba: Ed. Da UFPR; Belo Horizonte: Ed. UFMG, 2005.

SANTIAGO, Silviano (org.). Carlos e Mário: Correspondência de Carlos Drummond de Andrade e Mário de Andrade. Rio de Janeiro: Bem te vi, 2002.

SCHWARZ, Roberto. A Sereia e o desconfiado. 2. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1981.

SCHWARZ, Roberto. Que horas são? São Paulo: Companhia das Letras, 1987.

SCHWARZ, Roberto. Seqüências brasileiras. São Paulo: Companhia das Letras, 1999.

Schwarz; Roberto O bonde, a carroça e o poeta modernista. In: Que horas são? São Paulo: Companhia das Letras, 1988.

SECCHIN, Antonio Carlos. Poesia e desordem. Rio de Janeiro, Topbooks, 1996.

SIMON, Iumna Maria. A poética do risco. São Paulo: Ática, 1978.

STEINER, George. Linguagem e Silêncio, São Paulo, Companhia das Letras, 1988.

STEINER, George. No castelo de Barba Azul: Algumas notas para a redefinição da cultura; trad. Tomás R. Bueno. - São Paulo: Companhia das Letras, 1991.

VALÉRY, Paul. Teoría poética y estética; trad.de Carmen dos Santos. Madrid: Visor, 1990. (col. Balsa de la Medusa)



Wisnik, José Miguel. Drummond e o mundo. In: Novaes, Adauto (org.). Poetas que pensam o mundo. São Paulo: Companhia das Letras, 2003.


Compartilhe com seus amigos:
1   2   3


©psicod.org 2017
enviar mensagem

    Página principal