Josiléia ribeiro dantas souza – Graduanda em Letras/Português -uespi patrick álisson de sousa – Graduado em Letras/Português uespi



Baixar 180,58 Kb.
Página1/9
Encontro11.10.2018
Tamanho180,58 Kb.
  1   2   3   4   5   6   7   8   9

JOSILÉIA RIBEIRO DANTAS SOUZA – Graduanda em Letras/Português -UESPI

PATRICK ÁLISSON DE SOUSA – Graduado em Letras/Português - UESPI




INTRODUÇÃO

O presente trabalho tem como principal objetivo analisar, de forma profunda, o fluxo de consciência na obra Perto do coração selvagem, de Clarice Lispector. Tal estudo se faz relevante devido se tratar de uma escritora naturalizada brasileira e que, infelizmente, desprezada por parte da massa nacional, que não tem interesse em conhecer a produção literária nacional ou estrangeira.

Materializando uma escrita de cunho existencialista e introspecção psicológica, a obra de estreia de Lispector provoca um verdadeiro choque nos críticos de então, que ora a aplaudem, ora a “rejeitam”, justamente pela novidade de estilo apresentado pela autora. Rompendo diques da logicidade, as sílabas soltas são lançadas, em contínuo fluxo, revelando a linguagem sob a luz da inspiração. O mundo surge dividido entre palavras que criam, ou não criam uma realidade, ou seja, entre as que detêm ou não o circuito da comunicação para si mesmo É por estes e muitos outros motivos que o levaram a escolha do referido tema.

A maioria das personagens de Clarice Lispector são mulheres. Existem questionamentos a respeito do papel da mulher dentro da sociedade, tornando-se assim uma obra reflexiva, gerando uma tendência à introspecção. O amor, o casamento, a vida da mulher e o emaranhado de emoções que esta vida permite são tomados pela autora, que leva o leitor a refletir e pensar a respeito.

Para apoiar e referenciar a pesquisa, foram utilizadas fontes bibliográficas de Bossi (2006), que aborda sobre o modernismo brasileiro; Massaud (1989), que cita a literatura brasileira e seus principais representantes e Filho (2008), que aborda sobre os estilos de época na literatura. A divisão deste trabalho tanta, acima de tudo, oferecer elementos para uma maior compreensão do processo de criação da autora.

A pesquisa se divide em três capítulos. No primeiro capítulo, situou-se Clarice Lispector no contexto estético literário do modernismo brasileiro, marcado com tentativas de mudanças do passado da literatura brasileira por uma busca da expressão nacional, concluindo o capitulo, foi enfocada a importância da escritora no contexto literário nacional com seus aspectos de uma literatura intimista e social.

No segundo, foi abordado acerca do fluxo de consciência nas obras de Clarice Lispector, ressaltando os vários arquétipos que compõe a narrativa, na tentativa de adequar a linguagem ao conteúdo narrado. No terceiro e último capitulo foi abordado à análise do fluxo de consciência em si, na obra outrora analisada.

Foram utilizadas pesquisas bibliográficas e qualitativas, com análise no romance Perto do coração selvagem, de Clarice Lispector em torno do fluxo da consciência, pesquisas na internet e em livros, para legitimar o trabalho.







Compartilhe com seus amigos:
  1   2   3   4   5   6   7   8   9


©psicod.org 2017
enviar mensagem

    Página principal